quarta-feira, 14 de junho de 2017

MASP-Seminários: Histórias Indígenas

Divulgação

Sábados no Iberê

Divulgação

5 filmes paranaenses para celebrar o Dia do Cinema Brasileiro

Imagem: Divulgação

Alunos e professores do curso de cinema do Centro Europeu, selecionaram produções de grande destaque no mercado nacional e internacional


Desde a década de 70, o dia 19 de junho é marcado pela celebração do Dia do Cinema Brasileiro, pois remete a data em que foram registradas as primeiras imagens em território nacional, captadas pelo cinegrafista italiano Affonso Segretto, que filmou sua chegada ao porto do Rio de Janeiro, na Baía de Guanabara em 1898.

Para comemorar a data e a participação de produções cinematográficas paranaenses no setor audiovisual brasileiro, alunos e professores do curso de cinema do Centro Europeu, um dos mais conceituados do país, desenvolveram uma lista com cinco filmes e documentários de destaque gravados no Estado do Paraná ou produzidos por profissionais da região. Prepare a pipoca e confira a lista completa:

1. Estômago (2007 – Drama – 113 min): O longa-metragem dirigido pelo curitibano Marcos Jorge conta a história de Raimundo Nonato, migrante nordestino que chega à cidade e descobre seu talento nato para a cozinha. O filme foi gravado na região central da capital paranaense e recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais.

2. Corpos Celestes (2011 – Romance/Drama – 91 min): Dirigido pelos cineastas Marcos Jorge e Fernando Severo, o filme que narra o confronto entre o intelecto e a emoção vivido pelo astrônomo Francisco, interpretado pelo ator Dalton Vigh, foi todo rodado no Paraná, com locações em Castro, Piraquara, Araucária e Curitiba.

3. Cafundó (2005 – Drama – 102 min): Dirigida por Clóvis Bueno e Paulo Betti, e estrelado por Lázaro Ramos, a premiada produção foi gravada em quatro cidades do Paraná e é inspirada na história do ex-escravo João de Camargo, considerado um santo popular e milagreiro no início do século XIX em Sorocaba(SP).

4. O estacionamento (2016 – Ficção -15 min): O curta-metragem escrito e dirigido por Willian Biagioli foi totalmente gravado em Curitiba (PR) e retrata acontecimentos da vida de Jean, um imigrante haitiano que vem para o Brasil e consegue emprego em um estacionamento de carros. A obra recebeu o prêmio de melhor curta-metragem no festival internacional de cinema do Rio de Janeiro, além de ser selecionado para participar de festivais no Brasil e exterior.


5. Para a minha amada morta (2015 – Drama – 115 min): Gravada no Paraná e produzida por diversos profissionais formados pelo curso de Cinema do Centro Europeu, a produção narra a história de Fernando, um fotógrafo que acaba de perder a esposa, e fica transtornado ao descobrir que ela o traía. O filme conquistou o prêmio de melhor longa –metragem de ficção no Festival des Films du Monde de Montréal no Canadá.

Corpus Christi é a oportunidade para conhecer Curitiba, até mesmo para os curitibanos

Crédito: Priscilla Fiedller

Repleta de encantos, a capital paranaense é famosa em todo o país por seus endereços bem tradicionais

Curitiba é uma cidade que conta com suas peculiaridades durante vários meses do ano. A começar por seu clima, mais ameno, mesmo nos meses mais quentes. Nada melhor do que aproveitar o feriadão de Corpus Christi e conhecer ainda melhor a capital paranaense, até mesmo para os curitibanos que não têm tempo para aproveitar todos os encantos da capital

Pela cidade, diversos parques e pontos turísticos fazem os moradores e visitantes sentirem-se em casa, tanto para conversar com os amigos, sair com a família e até mesmo ter contato com a cultura local. A capital paranaense conta com a Linha Turismo, ônibus que roda por diversos pontos turísticos em toda a cidade. Ela opera regularmente neste feriadão, das 9h às 17h30, com saída inicial na Praça Tiradentes, no centro da cidade.

Entre os locais de maior visitação da capital paranaense está a Ópera de Arame, que foi inaugurada em 1992. Em meio a lagos, vegetação típica e cascatas, faz parte do Parque das Pedreiras juntamente com a Pedreira Paulo Leminski. Outro lugar de destaque é o Museu Oscar Niemeyer, mais conhecido como MON. Ele é um dos maiores museus da América Latina e seu acervo abriga mais de 2.200 obras de artistas reconhecidos nacional e internacionalmente. Foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, onde a forma do anexo conferiu ao MON o apelido de “Museu do Olho”.

Os parques curitibanos, reconhecidos em todo o país, são uma atração à parte no roteiro de lazer. O Jardim Botânico é um dos lugares mais conhecidos. Inspirado nos jardins franceses, o local tem com uma grande estufa, onde conta com muitas flores e plantas nativas, além de belos corredores, com espaço para piqueniques e reuniões. O Parque Barigui é outro ponto de encontro curitibano. Lugar preferidos dos amantes de esportes ao ar livre, o parque conta com uma área verde grande, além de um centro de convenções, restaurantes e bares. Já o Parque Tanguá conta com um dos pôr-do-sol mais bonitos da cidade, e tem ainda duas pedreiras unidas por um túnel, que pode ser atravessado a pé por uma passarela sobre a água.

Por fim, em meio a agitação do centro, os turistas podem encontrar na Rua 24 Horas, um dos espaços mais belos do centro da cidade, a Rua também pode ser o ponto de encontro entre amigos para comer e tomar uma cerveja. Com um mix de sabores em seus mais variados restaurantes, a Rua 24 Horas se transformou em um polo gastronômico, onde é possível fazer todas as refeições durante o dia e está sempre aberta, das 10h às 22h.


Para mais informações, acesse o site www.curitiba.pr.gov.br 

Instituto Joanir Zonta realiza formatura de 47 alunos durante Festival Gastronômico

Imagem: Divulgação

Festival terá peça teatral sobre a cultura ucraniana

Os 47 formandos dos cursos de cozinha, padaria e confeitaria, realizado pelo Instituto Joanir Zonta em parceria com a Prefeitura Municipal de Curitiba, vão receber os diplomas em uma cerimônia durante o Festival Gastronômico 2017, que acontece na Ópera de Arame, em Curitiba, neste dia 14 de junho. Com o tema “cultura ucraniana”, o evento vai apresentar, às 19h, uma peça teatral e, em seguida, às 20h30, serão entregues os certificados aos formandos.
No evento deste ano, o espetáculo será uma comédia que se passa na década de 80 e conta um pouco da gastronomia e da cultura ucraniana. No piso inferior da Ópera de Arame, estarão presentes 16 expositores na Feira Cultural, mostrando tanto o artesanato quanto os pratos típicos da Ucrânia.
O Festival Gastronômico será aberto ao público e, por ser um evento social, o ingresso será 1 kg de alimento não perecível, que irá beneficiar uma instituição de caridade.
Para a presidente do Instituto Joanir Zonta, Sandra Zonta, o Festival é um evento muito rico, pois consegue unir vários aspectos culturais e ainda beneficiar diversas pessoas. “Em um único evento, temos uma peça teatral sobre a cultura ucraniana e uma feira com mostras do artesanato e gastronomia do país, além de uma formatura que vai coroar o sucesso de 47 alunos, que acabam de ganhar uma nova profissão e uma nova oportunidade na carreira”, afirma.
Cronograma do Festival Gastronômico
14 de junho
09h às 19h e das 21h30 às 23h – Exposição de produtos
19h – Espetáculo (aproximadamente 45 minutos)
20h30 – Formatura
Obs: Acesso livre ao público das 9h às 18h. Das 18h10 em diante acesso restrito aos portadores de ingressos que podem ser adquiridos em troca de 1Kg de alimento não perecível.

Confira mais informações em http://www.talentos.org.br.

terça-feira, 13 de junho de 2017

MASP - Escola

Imagem: Divulgação

Curso Intensivo de Férias da Língua Polonesa na Casa da Cultura Polônia Brasil


Logo: Divulgação

A Casa da Cultura Polônia Brasil oferece novas turmas para iniciantes a cada semestre, estamos com 6 turmas em andamento e a partir de 3 de julho ofereceremos um curso intensivo de férias para quem não conhece o idioma.  É um curso básico e apresentará o funcionamento da gramática polonesa, como os casos de declinação, verbos em geral, adjetivos e substantivos, vocabulário específico para saudações, cumprimentos, comidas, cores, dias da semana, meses, números, etc...  Nas aulas teremos também informações sobre a cultura polonesa: música, teatro, lendas, cozinha polonesa, cinema, história, poesia e literatura, geografia, personagens poloneses etc. O curso intensivo serve também como base para quem for continuar no curso semestral a partir de agosto.  
E para saber mais sobre a Casa da Cultura Polônia Brasil, favor acessar o link: http://poloniabrasil.org.br/

TEMOS CURSOS SEMESTRAIS DO IDIOMA POLONÊS AQUI NA CASA 

Informações:  idioma@poloniabrasil.org.br
Casa da Cultura Polônia Brasil

55 41 3088 0708


CCBB Rio abriga performance de Nelson Leirner

Em seguida, às 18h30, acontece um bate-papo sobre ditadura da beleza com Preta Gil, Luiza Brasil e Pedro Garcia. Os dois eventos são parte da exposição “Yes! Nós Temos Biquíni”, que tem curadoria de Lilian Pacce.

                Na quarta-feira (14), o CCBB Rio realizará dois eventos paralelos à exposição “Yes! Nós Temos Biquíni”, mostra que apresenta a evolução da peça que revolucionou o comportamento feminino. Às 17h30, acontece uma performance de Nelson Leirner inspirada em sua obra “Stripencores”, de 1967. Já às 18h30, a cantora Preta Gil se junta à estilista Luiza Brasil, formada pelaLondon College of Fashion, e ao fotógrafo Pedro Garcia, o criador do personagem “Cartiê Bressão”, para a mesa de debate “Corpo de praia –  Ditadura da beleza”.
                A performance, que foi realizada pela primeira vez na abertura da exposição, é uma releitura da obra de Leirner, na qual uma modelo irá repetir o processo de criação do artista: usando um vestido longo e modelado com zíper, ela irá circular pela rotunda do centro cultural, retirando as camadas da roupa até que reste somente um biquíni foi dental. O traje de banho, que acabou por se tornar o quinto elemento da obra original, foi criado exclusivamente para a mostra.
            Em seguida o público será convidado a participar da mesa “Corpo de praia –  Ditadura da beleza”. Sob mediação da curadora Lilian Pacce, o debate colocará em pauta a imposição de padrões de beleza da passarela no mundo real e como isso se reflete na areia, na autoestima e no empoderamento feminino. A entrada é franca e serão distribuídas senhas uma hora antes, na bilheteria do CCBB.
“A força de uma peça tão pequena como o biquíni brasileiro, basicamente quatro triângulos de tecido, está diretamente ligada ao emporaderamento feminino ao longo do último século e vai muito além da praia em si. A exposição pretende mostrar essas interfaces, seu impacto nas conquistas da mulher e o lifestyle criado em torno dele”, comenta Lilian Pacce, autora do livro O Biquíni Made in Brazil.
           Com cerca de 120 obras, entre looks icônicos e históricos de moda praia, a exposição conta com fotografias, pinturas, esculturas, vídeos, ilustrações, instalações, artefatos históricos e amplo material iconográfico. Performances, debates e um ciclo de cinema também fazem parte da programação da exposição, que ocupará o 2º andar do Centro Cultural até 10 de julho.   A exposição é patrocinada pelo Banco do Brasil.  A cenografia é assinada por Pier Balestrieri, com comunicação visual de Kiko Farkas, consultoria de arte contemporânea de Sandra Tucci, coordenação geral e produção executiva da Com Tato Agência Sociocriativa.          

Yés! Nós Temos Biquíni
Exposição: de 15 de maio a 10 de julho

CCBB Rio de Janeiro
De quarta a segunda, das 9h às 21h
Rua Primeiro de Março, 66. Centro, Rio de Janeiro, RJ. 20010-000
Telefone: (21) 3808-2020

A importância da brincadeira pra educação das crianças

Imagem: Divulgação

Especialista fala sobre como o ato de brincar interfere no aprendizado

Brincar de esconde-esconde, alerta, cabra-cega, lenço-atrás e amarelinha. Essas e outras brincadeiras já fizeram parte da infância de muita gente. Com o tempo, tanto os brinquedos, quanto as brincadeiras foram mudando, porém, não existe criança que não goste de brincar. É no ato da brincadeira que elas descobrem a si e ao mundo. 

Segundo a psicopedagoga, especialista em educação especial e em gestão escolar, Ana Regina Caminha Braga, basta observar uma criança brincando para perceber que ela resolve os mais variados problemas utilizando sua imaginação e sem perder o ar de brincadeira. “É brincando que a criança se torna capaz de atribuir significados diferentes aos objetos, desenvolver sua capacidade de abstração e começa a agir diferente do que vê, mudando sua percepção sobre os mesmos”, explica.

Brincar tem um papel fundamental para o desenvolvimento biopsicossocial da criança. É brincando que a criança se desenvolve, explora característica de personalidade, fantasias, medos, desejos, criatividade e elabora o mundo exterior a partir de seu campo de visão. Ainda segundo Ana Regina, brincar é um ato indissociável na vida das crianças. E ao contrário que muitos pais pensam, a criança que desmonta seu brinquedo, não está estragando, mas sim, explorando de maneira criativa o objeto apresentado.

A criança precisa criar, experimentar, ousar, tentar. Ela precisa estar inserida nas mais diversas situações-problemas, por meio do contato que estabelece com outras crianças, com o adulto, com objetos e com o meio. A brincadeira não é o brinquedo, o objeto, a técnica, mas o conjunto de estratégias e habilidades que possibilitam a criança ter experiências que revelam o mundo e a preparam para o futuro. “Enquanto brincam as crianças exercem determinadas funções sociais, pois, no interior de uma brincadeira ela acaba distinguindo vários tipos de reação grupal estimando as consequências agradáveis ou desagradáveis que eles acarretam”, explica a psicopedagoga.

Imagem: Divulgação 

Por isso, é importante que o pais estejam atentos ao tipo de brinquedos e brincadeiras liberadas aos pequenos, já que as crianças necessitam de brinquedos que favoreçam seu desenvolvimento e suas habilidades motoras, além da coordenação grossa e fina, estruturação espaço temporal e lateralidade. 

“É um período de descoberta, criação, fundamental para eles quanto crianças e para o seu futuro como adultos”, completa Ana Regina.

Passaportes promocionais para Subtropikal já estão disponíveis

Imagem: Divulgação


O festival de criatividade urbana será realizado em julho, na cidade de Curitiba, e contará com dezenas de atividades  

Após grande sucesso em sua estreia no ano de 2016, o festival de criatividade urbana Subtropikal ganhará uma nova edição no próximo mês de julho, entre os dias 15 e 22, na cidade de Curitiba. O “passaporte Subtropikal”, que dá acesso a todos os eventos da programação, com prioridade nas inscrições para oficinas exclusivas, além de brindes e descontos em corridas do Cabify, já está disponível pelo valor promocional de R$ 80.  

A programação do Subtropikal se divide em três plataformas: Reflita, Explore e Curta. A primeira delas corresponde ao fórum de discussões, que nos dias 19 e 20 de julho vai levar à Capela Santa Maria debates a respeito de diversos temas como assimilação cultural, a nova política, tecnologia e ressignificação. O empresário Facundo Guerra, um dos grandes responsáveis pela nova cara da noite paulistana, e as sergipanas Rita Romão e Rouseanny Bomfim, do coletivo Por Mais Turbantes Nas Ruas, são alguns dos convidados que estarão em Curitiba para os painéis.

O Explore compreende um circuito com aproximadamente 30 oficinas e workshops dispostos em espaços criativos, que abordam temas diversos como técnicas de design e graffiti, moda, música e o cultivo de PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais). Uma novidade no Explore de 2017 é a ocupação de um casarão histórico, batizado de espaço Naquela Casa do Centro Europeu, com uma série de atividades entre os dias 15 e 21. A Rua da Cidadania do Cajuru também terá atividades gratuitas apresentadas nessa plataforma do festival.

Por fim, o Curta, festa de encerramento do Subtropikal, trará pela primeira vez a Curitiba o aguardado show do BaianaSystem. A banda é um dos nomes mais elogiados na música contemporânea brasileira, vencedora em duas categorias no Prêmio Multishow de 2016, incluindo Melhor Hit com “Playssom” e Melhor Disco pela obra “Duas Cidades”, de 2016. O destacado coletivo de músicas curitibanas Mulamba, formado pelas autoras do sucesso “P.U.T.A.”, e o DJ Caê Traven também integram o line-up da festa, que terá início às 16h com formato inédito na Ópera de Arame, celebrando os 25 anos do icônico espaço curitibano.


Os passaportes, assim como os ingressos individuais, estão disponíveis no sitewww.sympla.com.br/subtropical.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Lucas Corazza e Mauricio Schuartz participam de festival de literatura e gastronomia em NY

Crédito: Victor Affaro

Inédito, evento All Over 5, acontece de 15 a 18 de junho em estabelecimentos descolados da Big Apple
O chef, confeiteiro e jurado do programa Que Seja Doce, da GNT, Lucas Corazza, desembarca nos próximos dias para a participação no Festival All Over 5, em Nova Iorque ao lado de Mauricio Schuartz, produtor cultural e apresentador do programa Chefs na Rua. Essa é a primeira edição do evento que reúne literatura e gastronomia e contará com a participação de escritores e chefs brasileiros para apresentar uma visão menos estereotipada do Brasil, difundir a poesia e a literatura independente produzida atualmente no país, mostrar a criatividade gastronômica brasileira e, de quebra, apresentar uma Nova Iorque mais cultural e complexa que a turística já conhecida.
O evento acontece entre os dias 15 e 18 de junho, no palco do Jimmy’s 43, bar que serviu de locação para o mais recente filme de Woody Allen, “Café Society”, e, em outros quatro estabelecimentos descolados da Big Apple, incluindo o imponente Smorgasburg, em Williamsburg, feira ao ar livre que se tornou cartão de visitas do Brooklyn.
Na programação, leituras com autores brasileiros e nova iorquinos convidados, bate papos, lançamentos de livros e claro, degustações, como a receita utilizando chocolate de origem, a Esfera de chocolate recheada que será apresentada pelo chef e confeiteiro Lucas Corazza, em Smorgasbourg.
O festival, idealizado pelos paulistanos Ana Rüsche, beersommelier e escritora, e Mauricio Schuartz, produtor cultural e apresentador do programa Chefs na Rua, do canal Sony Brasil, é 100% colaborativo, e foi totalmente viabilizado sem financiamento público, contando apenas com o apoio e confiança dos envolvidos.

Sobre Lucas Corazza
Com mais de 16 anos de experiência no mercado, o chef confeiteiro Lucas Corazza, passou pelas cozinhas de grandes chefs como Mara Mello e Henri Schaëfer, a quem deve toda sua paixão pela confeitaria francesa, e Alex Atala e Bel Coelho, conhecidos por valorizarem ingredientes brasileiros, conceito que acredita e pratica em suas receitas. 
Para expandir suas técnicas da pâtisserie, sempre em constante atualização, o chef se especializou em confeitaria na França e recentemente com Mellissa Coppel, em Las Vegas. 
Além de participar de eventos e ministrar cursos pelo país, levando o Chocólatras Solidários, projeto com venda de doces revertida em prol de instituições, Lucas também é jurado do programa Que Seja Doce, da GNT e recentemente lançou seu canal no youtube para democratizar o acesso à confeitaria e desmistificar o universo dos doces ensinando técnicas e receitas.

Sobre Mauricio Schuartz
O caminho de Mauricio Schuartz e do mercado gastronômico se cruzaram em 2010. A paixão e a vontade de fomentar a cultura da comida de rua sob um ponto de vista contemporâneo e profissional levaram a fundação da KQi Produções. Carregando na bagagem sua formação acadêmica na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, curso de produção audiovisual, inúmeros seminários sobre o mercado cultural e audiovisual e a experiência como produtor cultural, ele idealizou o evento que marcou o início da ocupação das ruas pela comida volante. O Chefs na Rua aconteceu durante a Virada Cultural de 2012 e encheu de comida de altíssima qualidade a preços acessíveis o Viaduto Minhocão, sucesso! De lá para cá algumas edições do Chefs na Rua, a Feirinha Gastronômica, a inauguração do Butantan Food Park, do Marechal Food Park, foi palestrante no Streat Helsinki (congresso mundial de empreendedores da comida de rua), representou o Brasil no World Street Food Congress, e participou ativamente do movimento que culminou na legalização da comida sobre rodas no país. Em 2015, Mauricio estreou seu programa no Canal Sony, com a mesma alcunha de seu primeiro projeto na área e já chega a sua segunda temporada com estreia em 15 de outubro. O “Chefs na Rua” viaja o mundo em busca do que há de melhor para se comer nas ruas das mais diferentes cidades do planeta. De Nova Iorque a Cingapura, o carismático apresentador se esbalda deixando o público com água na boca e muita vontade de sair por ai fazendo o mesmo.

SERVIÇO
Festival All Over 5 - Food and literature in New York
Bronx, Brooklyn, Manhattan, Queens e Staten Island
De 15 a 18 de Junho de 2017
Os eventos possuem entrada gratuita (não incluídos consumo de comidas, bebidas ou degustações).
Em algumas atividades, será necessária inscrição prévia devido a capacidade do estabelecimento.

Programação completa em http://www.allover5.com/

MOSTRA DE SÃO FRANCISCO XAVIER TERÁ EXIBIÇÃO DE FILMES


Imagem: Divulgação


MAC 2017, iniciativa independente dos artistas do distrito de São José dos Campos, será realizada durante o mês de julho

A MAC-SFX 2017 (Mostra de Arte e Cultura de São Francisco Xavier 2017), que será realizada durante todo o mês de julho no distrito de São José dos Campos (SP), vai exibir filmes, além da exposição de trabalhos dos artistas da região e outras manifestações das artes. 
Ao todo serão seis filmes, divididos entre longas e curtas metragens. Um deles será “Mil Carolinas, um Brasil”, de Carol Lobo, Mayara Ramos e Beth Costa, que retrata pessoas do Vale do Paraíba que vivem em situações extremas, como fome, preconceito racial e sexual. O filme será exibido em duas ocasiões: nos dias 14 e 28 de julho, às 18h30. 
“A Fome”, com direção de Cristiano Burlan será outro longa na MAC-SFX 2017. Ele conta a história de um homem que abandona o seu passado para viver na invisibilidade de São Paulo. “A Fome”, que será exibido dia 21 de julho, às 20h, conquistou prêmio de Melhor Filme, Direção, Fotografia e Ator para Jean-Claude Bernardet no 7º Festival Internacional de Cinema da Fronteira. 
Vencedor do festival “É Tudo Verdade 2013” com os prêmios de Melhor Filme do Júri Oficial e da Crítica, “Mataram Meu Irmão”, filme de Cristiano Burlan, discute a violência que se faz presente nos bairros da periferia de São Paulo.

Já na sessão de curtas, o destaque é “Irene”, que mostra uma senhora solitária que vive reclusa numa casa de campo. Quando sua neta Nanda decide aparecer inesperadamente para uma visita, junto com sua amiga Ana, a reclusão de Irene é perturbada e ela começa a reviver sentimentos que pareciam estar esquecidos.

Também serão exibidos outros curtas – “Submundo – Sinédoque de Metalepse”, dirigido por Daniel Mazini, e “À Espera”, de Nivaldo Vasconcelos. Os dias e horários da exibição dos filmes podem ser conferidos na página da MAC SFX no Facebook (@MACSFX).

Outras atrações
Além dos filmes, a MAC-SFX 2017 também vai apresentar uma peça de teatro. “Deliciosa Insensatez” é uma comédia de costumes contemporâneos, com esquetes que retratam situações hilárias do dia a dia comentados e costurados por sons e música ao vivo. O objetivo da comédia, que será apresentada dia 7 de julho, às 19h, é fazer com que o público se identifique com as situações apresentadas, e perceba por meio do humor a insensatez que está por trás de várias ações que realizadas habitualmente no cotidiano. 

Já o documentário “Guerra da Independência na Bahia” detalha os conflitos ocorridos na região entre portugueses e brasileiros, que tiveram seu desfecho no dia 2 de julho de 1823 com vitória brasileira e ruptura política entre os dois países. O documentário, que será exibido dia 22 de julho, às 15h, tem narração da atriz Zezé Motta. 

Poncho: a peça coringa para o Inverno

Imagens: Divulgação


A especialista Maria Inês Borges da Silveira explica como usá-los nessa época do ano

Se tem uma peça que nunca sai de moda, essa é o poncho. Peça coringa e confortável, vira e mexe volta a aparecer nas passarelas como tendência para o Inverno. Traje tradicional da América do Sul, a peça é feita basicamente de um tecido com 3,5 x 2,5 metros, com uma abertura no centro por onde passasse a cabeça e fica apoiado nos ombros.

Para Maria Inês Borges da Silveira, consultora de Comportamento Profissional e de Etiqueta Social, Maria Inês Borges da Silveira, professora do ISAE – Escola de Negócios, por ser tratar de um traje prático e confortável, o poncho acaba agradando à todos. “Hoje existem ponchos dos mais diversos estilos e modelos, ora sofisticados, ora simples ou modernizados. É uma peça prática, que combina com os dias mais frios”, comenta.

Ele pode ser usado tanto por homens, quanto por mulheres, por ser uma peça de sobreposição, ajuda a manter o corpo aquecido. Uma boa dica é usar um modelo simples com calças mais justas ou saias retas, fica perfeito para o dia a dia. Já as peças mais sofisticadas, de caxemira ou lã, contornadas por peles nobres como Vison, Lontra ou Marta, servem de agasalhos e podem ser usadas em festas e solenidades, principalmente para as mulheres.

Porém, por ser uma peça geralmente volumosa, tome cuidado para não errar na mão e pesar o visual. “Por ser volumoso e marcante, tome cuidado, usando-os com roupas retas, eles ficam ótimos e chiques. Grandes nomes da alta costura investem no poncho e muitas figuras importantes nacionais e internacionais usam sem medo de errar”, finaliza a especialista.


Prudential Concerts tem promoção de 50% nos ingressos para os namorados



Regido por Carlos Prazeres, espetáculo terá única exibição no dia 22 de junho, no Teatro Bom Jesus

Curtir e se emocionar com música de qualidade é sempre bom demais. Na companhia de quem se ama é melhor ainda. Com participação de Vanessa da Mata e única apresentação em Curitiba, no próximo dia 22 de junho, no Teatro Bom Jesus, o espetáculo Prudential Concerts – Acordes Brasileiros realiza promoção para os casais neste Dia dos Namorados (12 de junho). Basta acessar o site www.acordesbrasileiros.com.br e usar o código Acordes2206 no momento da compra dos ingressos. Depois, é só curtir um show divertido e inovador ao lado do(a) seu(sua) companheiro(a).


O projeto estreou com a participação de Gilberto Gil, em maio, no Rio de Janeiro, e teve enorme sucesso. Até o final de agosto, passará pelas cidades de São Paulo e Belo Horizonte.


A iniciativa surgiu da ideia de explorar a pluralidade dos nossos estilos musicais, sempre apresentando uma camerata formada por músicos locais e com a participação de um solista convidado. 
No repertório, o maestro Carlos Prazeres passeia por ícones e sucessos da música brasileira, levando ao público composições de Villa Lobos, Pixinguinha, Braguinha, Tom Jobim, Chico Buarque, Edu Lobo, Luiz Gonzaga e Buchecha, entre outros. Os diferentes estilos e ritmos representam o Brasil e sua diversidade cultural, manifestada nas artes, no folclore, na culinária e em toda a riqueza do nosso povo.

O Prudential Concerts – Acordes Brasileiros tem patrocínio da Prudential do Brasil e produção da Novo Traço Comunicação.

A Prudential do Brasil

A Prudential do Brasil Seguros de Vida S.A. é uma subsidiária da Prudential Financial, Inc, uma das maiores instituições em serviços financeiros no mundo.  A companhia tem feito negócios no Brasil desde 1998, quando iniciou a comercialização do seguro de vida individual. Nessa linha de negócios, a companhia estabeleceu 31 agências e dois escritórios comerciais. A comercialização de seus produtos nesse segmento é realizada por meio de corretores franqueados conhecidos como Life Planner e pelas corretoras de seguros das empresas parceiras. Em 2017, a seguradora ingressou no mercado brasileiro de seguro de vida em grupo, ampliando a sua atuação no país e levando o seguro de vida para cada vez mais brasileiros. Para saber mais sobre a Prudential do Brasil, acesse www.prudentialdobrasil.com.br.

Sobre a Novo Traço Comunicação

Fundada em 2008, a Novo Traço é uma empresa especializada em projetos incentivados. Atua em criação, desenvolvimento e produção de eventos de entretenimento – sejam de cunho esportivo ou cultural – proprietários ou Corporativos. Faz parte do seu DNA estar à frente de projetos que gerem experiências únicas e toquem os sentidos das pessoas.
A companhia conta em seu portfólio com projetos relevantes como: Pedaleiros, Golzinho de Rua, Copa Zona Oeste de Futebol, Villa-Lobos em Movimento, Pelotas Jazz Festival, entre outros.

SERVIÇO

Prudential Concerts – Acordes Brasileiros (Curitiba)
Regência: Carlos Prazeres
Solista Convidada: Vanessa da Mata
Data e horário: 22 de junho, às 20h
Local:Teatro Bom Jesus, Rua 24 de Maio, 135 - Centro

Ingressos a partir de R$ 50 Disponíveis em www.acordesbrasileiros.com.br

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Solar do Rosário-Passeios com História - Memorial de Curitiba

Imagem: Divulgação

Obra sem pintura ou revestimento é alternativa inusitada de decoração

Imagem: Divulgação


Concreto, cimento e massa para acabamento deixam de ser materiais meramente coadjuvantes para se tornar elementos essenciais na criação de ambientes inovadores  

O que parece inacabado, na verdade tem muito estilo e personalidade. Para construir e reformar, a receita de uma obra bem feita já não exige mais pintura e revestimento nos ambientes. Quem gosta de ideias que fogem do convencional, o concreto aparente e colorido, o cimento queimado e a massa para acabamento são boas aliadas para criar efeitos estéticos e decorativos inovadores. E mais: com economia e praticidade.


A versátil Decoratta, produto da Votorantim Cimentos que substitui a massa corrida é fácil de aplicar, com alta aderência e resistência, é indicada para o acabamento em áreas internas sobre reboco de alvenaria, massa fina, fibrocimento, gesso, gesso acartonado ou sobre pintura látex PVA ou acrílica. Para efeito marmorizado e vitrificado liso e brilhante, queima-se a parede com uma desempenadeira metálica e faz-se a finalização com um selador transparente à base de água.


O consultor técnico de mercado da Votorantim Cimentos, Filipe Cocont Coutinho, explica que o produto não suja o ambiente porque não precisa lixar após da aplicação. “É também um produto de secagem rápida e que só precisa de duas demãos ante três da massa corrida. Além disso, caso surjam falhas durante a aplicação, é possível corrigi-las com a própria Decoratta, entre outras vantagens”, disse.


Para saber mais como aplicar Decoratta, basta acessar o link do Mapa da Obra.

Concreto aparente e colorido
Já no caso do concreto aparente, a indicação é usá-lo em grandes edificações residenciais e comerciais. Presente nas obras de grandes nomes da arquitetura mundial, como Oscar Niemeyer, Ruy Ohtake, Paulo Mendes da Rocha e Vilanova Artigas, o acabamento é usado em pilares, vigas e lajes, e também em pisos, bancadas, fachadas e paredes internas. 


Para um bom resultado, é importante contratar mão de obra especializada, usar os equipamentos corretos, como fôrmas, por exemplo, e atentar para a qualidade do concreto (de preferência, autoadensável). No entanto, como o concreto aparente não aceita muitos retoques, podem ocorrer pequenas imperfeições.
O concreto colorido, por sua vez, é ideal para pisos, calçadas e fachadas, também é bastante usado para marcar áreas específicas de um projeto. O concreto colorido pode ser feito com cimento cinza ou branco, dependendo da tonalidade desejada. Sua principal vantagem é a durabilidade da cor, graças aos pigmentos à base de óxidos adicionados à mistura e que tornam a pintura desnecessária.


Cimento queimado
Bastante popular, o cimento queimado pode ser usado em ambientes internos ou externos por ser um material bem estruturado, barato, fácil de limpar e que proporciona um ótimo resultado estético. “Para obtê-lo, deve-se jogar pó de cimento sobre o contrapiso já existente ou piso de argamassa fresca e molhar com uma brocha. Conforme for ficando úmido, queima-se o pó com uma desempenadeira metálica até obter textura lisa. O acabamento pode ser feito com pigmento em pó”, sugeriu Coutinho.


O cimento queimado é resistente à abrasão, mas pode apresentar fissuras e trincas, pois o piso se movimenta ao longo do dia, contraindo-se e dilatando-se. Para evitá-las, é importante contratar mão de obra especializada, usar juntas de dilatação de plástico, madeira, pedra ou metal, formando panos de seção quadrada entre 1,5 m e 2 m, e preparar a mistura adequadamente (argamassa, cimento, areia e água). Quando o piso estiver seco, é preciso aplicar cera ou resina.



Solar do Rosário-Curso para Desenvolvimento Pessoal-Eneagrama

Imagem: Divulgação

Flavia Calina lança seu primeiro livro em Curitiba

Imagem: Divulgação

Com mais de cinco milhões de seguidores nas redes sociais, autora participa de uma tarde de autógrafos neste sábado, na Livraria Saraiva do Shopping Crystal

Professora e comunicadora com mais de cinco milhões de seguidores nas redes sociais, Flavia Calina, estará em Curitiba neste sábado, dia 10 de junho, para lançar seu primeiro livro “Agora que sou Mãe”. A tarde de autógrafos será realizada na Livraria Saraiva doShopping Crystal, a partir das 15h.

Médica, engenheira, professora, arquiteta, advogada, cantora e até astronauta: não importa o quão mirabolante nossa escolha possa parecer, já na infância, costumamos fantasiar sobre o que queremos ser quando crescer. Para Flavia Calina, professora e comunicadora com mais de 5 milhões de seguidores nas redes sociais, sempre que faziam esta pergunta ela tentava encontrar respostas em meio a tantas possibilidades. No entanto, só conseguia responder que queria ser mãe – mais do que isso, que seria mãe.

A descoberta da infertilidade, a luta para engravidar e os desafios e aprendizados da gravidez são abordados neste livro inspirador que é, antes de tudo, um relato real, sincero e emocionante sobre a maternidade.

O lançamento do livro “Agora Que sou Mãe” será realizado no próximo sábado, a partir das 15h, na Livraria Saraiva do Shopping Crystal (Rua Comendador Araújo, 731 – Batel). Mais informações no site www.shoppingcrystal.com.br.

Estante Virtual comemora o mês dos namorados com campanha “À flor da pele”

A curadoria do site, que é o maior do país no comércio de livros seminovos e usados, reúne 50 títulos que prometem despertar as emoções nos leitores
Os amantes da literatura sabem que a companhia de um bom livro pode proporcionar um misto de emoções. Pensando nisso, a Estante Virtual preparou para o mês dos apaixonados a seleção “À flor da pele”, com 50 livros para despertar sentimentos. Quem acessar o portal verá que os títulos estão divididos em cinco categorias: para se apaixonar, para chorar, para sorrir, para gritar e para desplugar.

“Não existe nada mais romântico e verdadeiro do que compartilhar com quem se ama uma história que marcou a sua vida e, na Estante Virtual, a possibilidade de encontrar esses títulos, até mesmo os mais raros, é mais alta do que em qualquer outro e-commerce de literatura. Por isso, aqueles que ainda não encontraram a inspiração que precisavam, podem aproveitar a nossa lista cheia de emoções, e escolher um presente especial”, incentiva Erica Cardoso, gerente de marketing da Estante Virtual.  

O romance “Amor nos tempos de cólera”, do colombiano Gabriel García Márquez, é um dos livros selecionados “para se apaixonar”. Publicado originalmente em 1985, o livro conta a história de um homem que se apaixona pela trança de uma menina de família. Os dois trocam cartas, mas ao conhecer seu admirador, a moça rejeita-o e casa com outro. O amor, porém, persiste e dura a vida inteira. Nesta fábula de realismo-fantástico, o escritor mostra, numa narrativa extremamente envolvente, que a paixão não tem idade.

O livro de William P. Young “A Cabana” – que no momento está fazendo sucesso na tela dos cinemas – também faz parte da lista e está na categoria “para chorar”. A história de esperança e resiliência conta sobre o bilhete que Mack Allen Phillips recebe de Deus depois do desaparecimento de filha mais nova durante uma viagem de família.  Apesar de desconfiado, ele vai ao local numa tarde de inverno e adentra passo a passo no cenário de seu mais terrível pesadelo, mudando para sempre seu destino.

Já na direção do suspense, a categoria “para gritar” traz “Os últimos soldados da Guerra Fria”, de Fernando Morais. O livro conta a saga da Rede Vespa, um seleto grupo de agentes secretos que se infiltrou em organizações anticastristas em Miami. O autor leva o leitor para o universo das organizações criminosas internacionais, com aventuras mirabolantes, disfarces perfeitos, emissários secretos e conquistas amorosas. A obra contém todos os elementos de suspense de um romance de espionagem.

Criada em 2005, a Estante Virtual já ultrapassou a marca de 16 milhões de livros em todo o País. Formada por uma rede que integra 2.600 pequenas livrarias, a plataforma on-line reúne livros usados, seminovos e novos, além de exemplares raros, com preços que possibilitam uma redução de custos de até 75%.


DESIGN PRATA DA CASA NA CASACOR BC 2017

DESIGN PRATA DA CASA
Saiba mais sobre trabalhos feitos com exclusividade para a CASACOR BC 2017
A CASACOR, reconhecida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, chama atenção pelas criações exclusivas de seus profissionais para o evento. São móveis e objetos cheios de criatividade, funcionalidade e elegância. Veja, a seguir, algumas criações para a primeira edição em Balneário Camboriú, que ocorre no empreendimento Marina Beach Towers, às margens do Rio Camboriú, até o dia 25 de junho.

Crédito: Lio Simas
Sala de Jantar, Fabiane Folchini
Na Sala de Jantar Let’s Celebrate, um dos destaques é a estante em ferro com pinturaautomotiva na cor Gold (dourada), desenhada pela arquiteta. O escritório apostou na forte tendência do dourado nos ambientes. Também foi desenhado um móvel em marcenaria e revestido com recouro na cor branca; um biombo de acrílico colado nas portas de espelho do móvel de cristaleira; painéis estofados fixados no móvel da cristaleira; painéis de espelho em diversos formatos: losangos, quadrados e faixas, além de um painel de acrílico com a logomarca do escritório, marcando a entrada do ambiente.

Crédito: Lio Simas
Estar Gourmet, Tufi Mousse
Aqui há a busca pela simplicidade nos materiais que remetam à natureza. Desde o desenvolvimento da forma geométrica apresentada, estudo da luminosidade e distribuição da movelaria, o conceito foi sempre a inovação. Entre os sofás, mesas e complementos, foi escolhido somente o essencial, e os móveis foram confeccionados especialmente para o ambiente. Enfim, um espaço para o grande ritual de bem-estar e receber, todo executado conforme a ideia colocada no papel, desde a estrutura de forro, nichos e movelaria planejada e alinhada, um traço consolidado nos projetos do escritório.






Crédito: Mariana Boro

Sala da Adega, Guerra Siarcos Arquitetura
A adega ocupa uma área de 1,80x1, 50m e tem a capacidade de armazenar 75 rótulos acomodados num suporte metálico dourado, desenho do próprio escritório. O espaço é ladeado por um bar de apoio e um lounge, onde os convidados podem degustar os vinhos numa atmosfera mais intimista.











A Sala de Concreto, de Moacir Schmitt Jr e Salvio Moraes Jr
Os profissionais desenharam a bancada central da cozinha, toda suspensa, em padrão novo de cor, lançamento neste ambiente na CASACOR BC 2017.  Também foram criados móveis suspensos no Living. São descolados, leves, contemporâneos. Uma tendência do design escandinavo, com formas simples e um desenho de fácil compreensão.

Crédito: Lio Simas
Suíte [Rio], Cláudia Stach e Daniela Bordignon
Na Suíte [RIO] o mobiliário é projetado pelas arquitetas. Alguns móveis são peças-chave, aspratas da casa para o espaço. A camaé a peça principal, estofada, em couro ecológico, tom caramelo, que reproduz fielmente a textura do couro natural, com costuras aparentes. Há o encosto mais baixo, lembrando as curvas de uma poltrona para mais conforto. As laterais também são estofadas e arredondadas. O criado-mudo tem uma técnica mista de marcenaria e estofaria, com laterais arredondadas. Esta peça é em MDF multi-laminado, tem lâmina de madeira natural e recouro. A bancada do banheiro é uma peça com inspiração industrial, com base em inox polido, que apoia uma caixa em mármore italiano Grigio Portinari com acabamento escovado e abriga a cuba de sobrepor da DECA.

Crédito: Lio Simas
Sweet Hot, Carol Stolf e Juci Perazza
Nesta suíte, todo o mobiliário foi desenhado exclusivamente para a CASACOR BC 2017: o painel ripado da cabeceira, o roupeiro automatizado, o móvel da TV e moldura da janela com Boiseries e móveis do banheiro. Tudo feito sob medida e exclusivo. O tapete foi desenhado e reproduzido exclusivamente para o ambiente, assim como o forro de gesso acartonado. A luminotécnica também é projeto exclusivo e faz a composição. Desenhos dos espelhos, cortinas, persianas, nichos e bancada do banheiro igualmente, também foram pensados com exclusividade para a mostra.






Crédito: Lio Simas

Suíte do Casal Urbano, Linda Martins e Cris Araújo
Neste ambiente, as arquitetas aproveitaram o pé direito desenhando dois móveis suspensos em ferro: um para receber livros e adornos e outro para servir de floreira, sustentando as folhagens que trazem um pouco de verde para o quarto e se incorporam à vista quando a persiana estiver aberta.




Crédito: Lio Simas

Suíte do Bebê, Cris Araújo e Linda Martins
“Para o armário, criamos um modelo lúdico, em forma de casinha na cor verde menta, que deixa os vestidos à mostra, guarda brinquedos e adornos, possui gavetas para as roupas e ainda serve como trocador”, explicam as profissionais. O banheiro também recebeu base fria e elementos gráficos. Dois móveis foram projetados: um em laca branca para receber a banheira e outro em laca Rosa Candy, para sobrepor a cuba.

Crédito: Lio Simas
The Great Living, Alexandre Voigt
Com maestria, Voigt harmoniza luxo e bem-estar, misturando peças clássicas e contemporâneas com seus desenhos exclusivos.O desenho do piso, desde o hall, é a grande aposta de charme na composição. O teto, em Acrílico Madrepérola, tem desenho de composição Art Deco. São mais de 100 m2 de um ambiente que tem a grande lareira de forma reta como destaque.









Crédito: Lio Simas

Home Theater, Ileon Arquitetura - Alexander Storti, Jeferson Potestino, Bruno Tonietto, Ileon de Mello e Jordana Battisti
Este escritório fez uma série de desenhos exclusivos para a CASACOR BC 2017. O Sofá do lounge de estar com formas arredondadas foi projetado para o ambiente pelo arquiteto Jeferson Potestino. É uma peça arrojada que se destaca pelo volume e pelas formas. O Sofá do Home Theater tem linhas retas, também projetado por Potestino. O destaque fica por conta da parte retrátil automatizada, que atinge 2,10 metros de comprimento. Suas almofadas soltas oferecem mais versatilidade e conforto para o usuário e sua espuma é um convite para relaxar.
Ainda, o mosaico de espelhos executado com um conjunto de escalos pelo Arquiteto Alexander Storti, exacerba continuamente a tridimensionalidade, seja pela forma ou pelas cores e lida com a refração da luz de forma lúdica e híbrida. O Biombo de teto, também executado por Storti, tem referência Decô, considera a refração da luz, a equalização e reverberação do som, interage de forma visual e sensorial, levando conforto ao ambiente.
No Home Theater há também o tapete oval executado pelos dois arquitetos, com eixo deslocado e com relevos irregulares e assimétricos, proporcionando leveza de forma e fluidez. Por fim, a Adega projetada pelos arquitetos Alexander Storti, Jeferson Potestino e pelo designer Rodolfo Gutierrez resgata a harmonia que a natureza oferece, executada com raízes de Embuia retirada de fundos de lagos e com acabamento primoroso.

Crédito: Lio Simas
Movie Lounge, Eluize Mendes e Maria Ondina Garcia
Neste ambiente há prateleiras metálicas de 5mm desenhadas pelo escritório; porta de entrada com desenho exclusivo, com ipad fixado nela. Há também uma champanheira em mármore criada especialmente para esta edição da mostra.





Crédito: Lio Simas
Sala de Leitura Acervo do Viajante, Homero Marques e Laura Giassi Morastoni
Aqui o lustre foi desenhado pelo escritório, especialmente para a mostra.








Crédito: Lio Simas
Home Office do Designer, Cassiana Rubin
Foram criados com exclusividade móveis diferenciados com metal, madeira, pedra e palha.









Crédito: Lio Simas
Lounge Al Mare, Ana Lins e André Bettinelli
Os profissionais criaram especialmente para a CASACOR BC 2017 a estante de vergalhão de obra. O ferro tem meia polegada, tratado com verniz automotivo cristal. A estante está fixada nos furos do contra-ventamento do próprio pilar. A estante, ora possui prateleiras de chapa de aço corten, ora vazadas, criando efeitos únicos com a iluminação e as peças selecionadas expostas.Outro elemento criado pelos arquitetos foi o banco chamado“Janela Urbana”, que emoldura o espaço. Esse banco surgiu como solução arquitetônica para unir dois pilares desalinhados existentes no ambiente.







Sobre a CASACOR
Pertencente ao Grupo Abril, a CASACOR é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas. O evento reúne, anualmente, renomados arquitetos, decoradores e paisagistas e em 2017 chega à sua 31ª edição em São Paulo, com 20 praças nacionais (Alagoas, Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Franca, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina), e mais seis internacionais (Miami, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai e Peru).

SERVIÇO:
Data: 14 de maio a 25 de junho de 2017
Horários: Terça a sexta, das 15h às 21h
               Sábado, das 13h às 21h
               Domingo, das 13h às 19h
Local: Marina Beach Towers. Rua 3700, 425– Vila Real, Balneário Camboriú/SC
Ingresso Inteiro: R$ 40
Ingresso de estudante: R$ 20 
Ingresso Profissional (expositor): R$ 28
Ingresso para grupos acima de 20 pessoas: R$ 30 cada

Passaporte: R$ 100

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Leonardo Finotti inaugura sua nova exposição “Coleção de Museus” na Galeria Pilar

Imagem: Divulgação



O fotógrafo Leonardo Finotti apresenta sua nova exposição “Coleção de Museus”, na Galeria Pilar, a partir de 08 de junho de 2017. Serão apresentadas 31 fotografias inéditas, em preto e branco, de diversos formatos, feitas na Suíça, Portugal, Japão, EUA, Brasil, dentre outros lugares. O texto crítico foi escrito por Afonso Luz.

Leonardo Finotti firmou-se no seleto grupo dos melhores nomes da fotografia de arquitetura no Brasil e no mundo. Com foco na Europa e na América Latina, Leonardo consegue reunir hoje um acervo de extrema importância e certamente único.

As fotos expostas na Galeria Pilar flertam com um olhar constitutivo sobre os museus de hoje, sem, contudo, acolher a autoimagem pop de cada um deles. Em suas fotografias, Finotti capta as linhas desenhadas, flagra as silhuetas e planos, plantas e percursos corporais, sombras e rugosidades desses edifícios que se tornaram ícones da cultura contemporânea.

Finotti é um hábil curador de arquitetura e urbanidade, um delicado etnólogo que capta as variações antropológicas das paredes e cortinas, um selvagem apreciador da poderosa natureza que consome as edificações humanas: tudo isso se destacando na beleza imensamente singular de cada uma das fotos.

O fotógrafo tem obras presentes em acervos importantes como MoMA (NY, USA),Carnegie Museum, (Pittsburgh, USA), MOT (Tóquio, Japão), Buendner Kunstmuseum(Chur, Suiça), Fundação EDP (Lisboa, Portugal), Itaú Cultural (São Paulo, Brasil) dentre outros.

Exposição: Coleção de Museus.
Artista: Leonardo Finotti.
Inauguração: 08 de junho de 2017, 19h as 22h.
Visitação: 09 de junho a 05 de agosto de 2017. De terça a sexta, das 11h às 19h. Sábados, das 11 as 17h.
Galeria Pilar: Rua Barão de Tatuí, 389 - Vila Buarque - SP Metrô mais próximo - Estação Santa Cecília ou Marechal Deodoro
Fone: 11 36617119
www.galeriapilar.com