sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

SRA. REGINA CASILLO RECEBE COMENDA MÁXIMA DO ESTADO DO PARANÁ


Foto divulgação

A fundadora e diretora da Associação Cultural Solar do Rosário em Curitiba-PR, Dra. Regina de Barros Correia Casillo, recebeu nesta sexta-feira dia 19 de dezembro, no Palácio Iguaçu, das mãos do Exmo.Sr. Governador do Estado do Paraná Sr. Beto Richa, a Comenda máxima do Estado, a ''Ordem Estadual do Pinheiro'', anualmente entregue aos cidadãos que se destacam no exercício de suas profissões, contribuindo para o crescimento cultural, econômico, político e social do Estado do Paraná.



JANELAS FOTOGRÁFICAS OCUPAM RECIFE-INTERVENÇÃO ARTÍSTICA DE THIAGO FRANÇA


Foto divulgação

Janelas fotográficas ganham as ruas do Recife

Na intervenção Do Outro Lado, Thiago França ocupa a cidade com fotografias feitas em todo o Estado; ação artística ganha as ruas do centro e da periferia nesta semana

Ruas, paredes e espaços vazios entrevistos sob o céu, a partir de janelas abertas. O artista Thiago França encerra o ano ocupando o Recife com fotografias de paisagens e cenas do cotidiano pernambucano emolduradas em 20 janelas de demolição.  As obras são deixadas permanentemente nos locais em que são expostas e passam a compor a paisagem urbana.

Com incentivo do Funcultura e produção de Adah Lisboa, a ação artística chega ao Recife depois de passar por Goiana, Triunfo e Garanhuns ao longo deste ano, e convida a repensar a relação com o meio e a redescobrir a intimidade com os lugares. “É uma exposição a céu aberto, no meio urbano. Utilizando materiais ao mesmo tempo banais e valiosos, toca o debate sobre a modificação do espaço ao abrir uma janela em um lugar remoto”, comenta França.  

Por onde foram deixadas, as janelas causaram diferentes reações, de surpresas a estranheza. “Comecei a buscar uma maneira de, realmente, integrar as janelas aos lugares. Torná-las parte daquilo tudo. Essa era a ideia original, que a obra de arte valorizasse aquele local através do apego das pessoas por ela. As pessoas tinham que estar envolvidas para que tudo desse certo. Tinha que ser o tipo da coisa que você simplesmente gosta, sem explicação. Era tudo muito mais simples do que eu pensei no início”, descreve o artista.

Sobre o artista
Thiago França é fotógrafo, nasceu no Recife e viveu 17 anos no Acre. Retornou a cidade natal há 6 anos e vem fotografando o cenário Pernambuco por todo esse tempo. Em seu trabalho busca uma reflexão sobre a relação entre o cidadão contemporâneo – para ele, cada dia é mais frenético - e o meio em que vive. Vem experimentando o uso da fotografia em diferentes linguagens e, paralelamente, o reaproveitamento de materiais descartados no lixo, principalmente madeira.



SERVIÇO
Instalação DO OUTRO LADO (Thiago França) nas ruas do Recife
Quando: desde 14/12 no centro e a partir de 21/12 nas ruas da periferia
Informações:  (81)92781201


ENTREVISTAS E IMAGENS
Tatiana Diniz
Assessoria de imprensa/PR
(81) 92582091 / (11) 953839717

Foto divulgação

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

ACADEMIA BRASILEIRA DE FILOSOFIA INAUGURA EXPOSIÇÃO DAS CAPAS DO PROJETO MÚSICA NO MUSEU



A histórica Academia Brasileira de Filosofia, instalada na Casa Osório recebe oficialmente no dia 29 de dezembro, às 19 horas, a aguardada abertura oficial da exposição das artes das capas do Música no Museu, coroando o aniversário de 17 anos do vitorioso projeto e que fará parte do ilustre acervo. Todo o projeto Música no Museu conta com a direção de Sergio Costa e Silva e curadoria artística de Sonia Madruga que juntos com o  anfitrião e Presidente da Academia, Sr. João Ricardo Moderno, estarão nesta noite recebendo e agraciando seus convidados com a apresentação do Jazztopia-programa de Gershwin e após a apresentação brindarão com Chandon, atingindo assim quase 500 concertos em um ano e com a proposta de iniciar 2015 em 02 de Janeiro com novo formato de programação, mesclando palestras com ênfase em janeiro, nos imortais da Música Brasileira.



Fundada em 1989 por dezenas de filósofos dos mais atuantes na cultura brasileira, a sede da Academia dispõe de 3 salões para posses, sessões acadêmicas, cursos, congressos, conferências e eventos em geral, 7 salas administrativas, instalações para hospedar pesquisadores brasileiros e estrangeiros, e um terreno com árvores frutíferas de mais de 3.000 m².
O presidente da Academia Brasileira de Filosofia, João Ricardo Moderno,  conta que tem 44 anos de vida cultural como artista plástico e fotógrafo de arte, trabalhou no MAM-RJ durante muitos anos, onde foi aluno, monitor e professor e é crítico de arte deste 1977, inclusive na ABCA desde 1983, e completa: “E minha área em Filosofia é Estética e Filosofia da Arte”.
A Academia tem por objetivo estatutário a defesa, a divulgação e a preservação da memória da cultura filosófica brasileira, da memória dos seus membros, dos principais pensadores nas mais diversas áreas do pensamento, além da organização de eventos filosóficos nacionais e internacionais. brasileira é considerada patrimônio histórico material e imaterial da cultura brasileira.“O acervo encontrou a Casa perfeita, nas qualificadas e excelentes mãos do João Ricardo Moderno que, pessoalmente, assinou a curadoria da exposição”. Declarou Sonia Madruga.


Música no Museu tem o apoio do MinC, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Mais 
Informações: www.musicanomuseu.com.br ou (21) 2253-8645


Na foto: Sr. Sergio Costa e Silva-Diretor do Música n o Museu, Sra. Sonia Madruga-Artista Plástica e Curadora do Projeto e Sr.João Ricardo Moderno-Presidente da Academia Brasileira de Filosofia.  

Serviço:

Local: Acad
emia Brasileira de Filosofia
Endereço: Rua Riachuelo, 303 – Casa de Osório – Centro
Rio de Janeiro
RJ, CEP: 20230-011
Telefone: (21) 2252-8593

Site: http://filosofia.org.br/index.html
e-mail: academiafilosofia@gmail.com




Música no Museu é a versão brasileira do que acontece nos mais representativos museus no mundo como Metropolitan, MoMA, Guggenhein (Nova Iorque), Louvre, Prado (Madrid).
A cada mês, um artista é convidado para ilustrar a programação mensal do Projeto Música no Museu. A seleção está sob a curadoria da artista plástica Sonia Madruga. Artistas como Ziraldo, Miguel Paiva,VergaraCarlos Bracher e Sonia Madruga já tiveram trabalhos estampados no projeto.
No Paraná, por indicação da artista plástica, colunista cultural e professora de arte Katia Velo, artistas paranaenses (de nascimento ou residentes) também tiveram o privilégio de participar do MM: Claudia de LaraJoão Evangelista de SouzaMarisa Vidigal e a própria Katia Velo. E no mês de novembro, a capa tem a assinatura do artista plástico Eloir Jr.
 As capas ilustram os programas dos concertos que são realizados mensalmente em com quarenta e dois dos melhores museus e centros culturais além de igrejas e até clubes cariocas. O sucesso do projeto que no anopassado completou 15 anos resultou em um lançamento do livro “Música no Museu, 15 anos depois”. No livro estão reunidas música, história, arquitetura, artes plásticas.
 Inspirado no que é realizado nos museus mais importantes do mundo, aqui foi adaptado às peculiaridades do Brasil. Ocupando espaços nobres, formando plateias, já que todos os concertos são gratuitos. Música no Museu possui um acervo rico de pesquisas, apresentações, experiências e êxitos que estão dentro do livro. O idealizador, empresário e pesquisador do Projeto MM é Sergio da Costa e Silva e também autor do livro.
Além da importante participação no livro “Música no Museu, 15 anos depois” as obras dos artistas plásticos irão ganhar destaque na exposição acima citada, pois a curadora Sonia Madruga reuniu todos os trabalhos. “Espero que a exaustiva dificuldade em reunir estes trabalhos; resulte em grande satisfação ao realizar a exposição” destaca Sonia.
A parceria cultural entre Sonia Madruga e Katia Velo está ainda mais fortalecida. A cada nova edição do MM é realizada a divulgação na coluna de Katia  www.katiavelo.com.br (Portal do GuiaSJP) e novos convites são feitos por Sonia. No mês de novembro, novo paranaense teve sua obra estampada e espalhada nos quatro cantos culturais da cidade maravilhosa. “Esta parceria está a cada ano mais alinhada. Há um grande respeito e admiração verdadeiros e mútuos!” enfatiza Katia Velo.
 Música no Museu tem o apoio do MinC, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Mais informações: www.musicanomuseu.com.br ou (21) 2253-8645




Sobre o Projeto:
Inaugurado em dezembro de 1997 pelo violonista Turíbio Santos no Museu Nacional de Belas Artes, Música no Museu, conta hoje, ainda que alternada ou esporádica, no Rio de Janeiro, com quarenta e dois dos melhores museus e centros culturais além de igrejas e até clubes cariocas. Ampliando-se ano a ano, hoje além de integrar o Brasil de Norte a Sul, também já se apresentou e se apresenta em todos os Continentes, sempre com o maior êxito.
O Projeto tem como propósito: formar novas plateias, facilitando e incentivando a presença de crianças e jovens aos concertos; incentivar a visita de seus frequentadores aos museus onde acontecem os espetáculos da série; manter um evento de difusão cultural que atinja públicos distintos, com boa visibilidade na mídia, e que atraia amantes da música; quebrar as barreiras entre eventos de música clássica e de outros gêneros quanto ao interesse do publico em geral e aos locais de apresentações; incentivar jovens músicos, dando-lhes a oportunidade de se apresentarem em locais de prestígio para uma plateia interessada e conhecedora, como foi o caso do pianista Pablo Rossi (14 anos), ganhador do concurso Nelson Freire de piano – Rossi que já se apresentou com a OSB no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e hoje brilha na Rússia – e oferecer espetáculos de alto nível artístico a custo zero. Na versão internacional, permite levar a música e o músico brasileiro para todos os cantos do mundo.
No Rio de Janeiro, chega a ultrapassar 30 concertos por mês e com as outras versões nacionais e internacionais, alcança o expressivo número de 500 concertos ano Música no Museu mudou o calendário da música clássica no Brasil já que os seus concertos acontecem de janeiro a dezembro e não somente como antes, quando as temporadas clássicas iniciavam somente em março e terminavam em novembro.




terça-feira, 16 de dezembro de 2014

"CABELO, CABELEIRA, CABELUDA, DESCABELADA" POR CECIFRANCE AQUINO



Na última sexta-feira dia 12/12/2014, O François Beauty Care, tradicional Centro de Estética no Centro da Capital Paranaense, recebeu a exposição Cultural “Cabelo, Cabeleira, Cabeluda, Descabelada”, da artista plástica Cecifrance Aquino.

Com inspirações a partir da letra da Música “Cabelos”, interpretada por Gal Costa no início da década de 1990, a artista criou 20 obras da Pop Art com a temática “cabeluda”.


Circulavam pelas paredes do centro de estética, autoretratos, Frida Kahlo e personagens imaginários com suas madeixas, que interagiram entre a clientela e convidados, dividindo frissantes, energéticos e tortas.

 Obras Cabeludas em exposição.

Autoretrato: Cecifrance Aquino

Sobre a Artista:


Cecifrance Aquino é  carioca radicada em Curitiba que compartilhou sua arte ao longo destes anos, em várias cidades brasileiras, como São Paulo e Salvador. Treinando sempre seu olhar para novidades e situações sui generis...
Este olhar quase infantil de elementos cotidianos, a fariam naïf se não fossem os traços contemporâneos, que a literatura e a história da arte lhe conferem como estudiosa e artista antenada para as questões sociais e comportamentais do ser humano. A sua formação acadêmica permite a ela percorrer linguagens artísticas como a música, o teatro, a comunicação social, o design publicitário e a arte educação.

Cecifrance aproveita seu lado onírico e sensibilidade artística para criar cenários, arabescos, combinar cores e alegrar o olhar de quem aprecia suas obras.
É artista plástica com teor simbolista e expõe seus trabalhos nos principais espaços culturais do Estado do Paraná, em paralelo a esta mostra suas obras estão no Espaço Cultural do Hospital IPO até janeiro de 2015 com a mostra “Retalhos de Gaudi” e na exposição de caráter solidário em “Guirlandas do Bem” no Espaço Cultural do Shopping Jardim das Américas.

SERVIÇO:

Exposição: Cabelo, Cabeleira, Cabeluda, Descabelada
Local: François Beauty Care
Rua Amintas de Barros, 333 – Centro
Curitiba-PR.
Telefone: 41 – 3363-4323  


Artistas, amigos, familiares e convidados em brinde na abertura da exposição.





PROSA, ARTE E POESIA NO VARANDA CULTURAL



A tarde do último sábado 13/12/2014, inciou com clima interiorano e agradável; “prosa e café com bolo” em plena orbe urbana dos espigões da Rua Costa Rica no Bacacheri em Curitiba, onde está lá a localização do café hospedado em local exótico, uma varanda, o que literalmente batiza o nome do estabelecimento “VARANDA CULTURAL” que acolhe  louça do “baú da vovó”, gastronomia dos bolos de receitas caseiras, cafés e sucos acompanhados de literatura e arte, propondo uma união harmoniosa das cores e das palavras.



Um encontro com artistas paranaeneses e seus convidados; Rodney Rauth, com lindas telas e desenhos e Alvaro Posselt, artista da palavra escrita, com seus poemas, lançando seu novo livro, “Entre aranhões e lambidas – haicais & gatos”.


Livros do Poeta e escritor Alvaro Posselt

Série Tramas de Rodney Rauth.

Série Mulheres de Rodney Rauth.




“Agradeço imensamente aos meus "amigos artistas" Alvaro Posselt e Rodney Rauth por trazer tanta alegria e pessoas maravilhosas para perto de mim!!!!Por dividir conosco um trabalho tão lindo e carinho!!!
A Betina Müller por receber a todos com o sorriso mais largo do mundo e contagiar a todos com sua energia!!!!
E as minhas doçuras Luana Garcia, Barbara Moriel e Douglas Schmidt que ficaram comigo até a madruga, indo e vindo, fazendo arte e arrumando tudo para que ficasse o Varanda Café mais delicia e lindo do mundo!!!
Aos amigos e novos amigos que passaram lá, para nos prestigiar e dar um abraço bem apertado em recompensa a este lindo projeto!!!!Sem todos vocês, não seria o mesmo!!!!!
Abraços cheio de amor e alegria para todos vocês!!!!”, comenta Bru Gonçalves, empreendedora do Varanda Cultural.



Sobre os Artistas:

Alvaro Posselt, Curitibano, é professor de português e revisor de texto. Publicou os livros “Tão breve quanto o agora”, “Um lugar chamado instante” e está lançando “Entre arranhões e lambidas” - haicais & gatos.
O escritor e poeta ainda expõe seu trabalho em escolas públicas e particulares com om objetivo de levar a arte da palavra escrita ao alcance de todos.   
O haicai é um formato poético de origem japonesa, é composto em 3 versos e tem a natureza como tema principal.
O haicai é um instante, é uma pílula, é um piscar de olhos, é uma sensação.
O haicai é um diário, não do dia, mas do instante. Possui uma palavra ou expressão que indica a estação do ano.


Rodney Rauth é artista plástico,curitibano. Sua expressão artística vai do figurativo ao abstrato. Apresenta atualmente duas séries: "Tramas" e "Mulheres". A primeira baseia-se na abstração de formas de um trabalho iniciado em 2009, originalmente retratando naturezas mortas. Desenvolvido com a espátula, com gestual próprio e utilizando sobreposições de cores, o artista cria as formas, que são elas próprias, a assinatura do trabalho. Já a série "Mulheres" é constituída de duas partes: desenhos em grafite e pastel seco sobre papel e desenhos em pastel seco sobre papel kraft. Retrata basicamente as feições de mulheres, estilizadas com um traço próprio, onde o sombreamento e as formas têm papel fundamental.


Os Artistas Carla Schwab e Eloir Jr., prestigiando Alvaro Posselt e Rodney Rauth durante o evento.


segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

ARTE COM SOLIDARIEDADE-ABERTURA DA EXPOSIÇÃO "GUIRLANDAS DO BEM"

Os artistas das "Guirlandas do Bem"-  Sra. Ety Cristina Forte Carneiro, Presidente do Complexo Hospital Pequeno Príncipe e Mariana Pastre, empreendedora do Shopping Jardim das Américas.

Em noite de arte com solidariedade, os artistas paranaenses convidados a participar com suas criações em Guirlandas Artísticas, intituladas "GUIRLANDAS DO BEM", comemoraram com coquetel nesta última quinta-feira-dia 04/12/2014, a abertura desta Mostra Cultural com renda revertida ao Instituto de Pesquisas do Hospital Pequeno Príncipe.
O evento foi agraciado com a presença da   Presidente Executiva do Complexo Hospital Pequeno Príncipe,Sra. Ety Cristina Forte Carneiro, as empreendedoras do Shopping Jardim das Américas Juliana e Mariana Pastre, Aristas participantes, convidados e a Diretora de Marketing do Shopping, Sra. Gisele Coutinho, idealizadora do evento juntamente com os Artistas Carla Schwab e Eloir Jr. 
Ainda nesta noite do Bem, houveram vendas de guirlandas artísticas que automaticamente a renda foi transferida ao Hospital.







Artista Ruth Mara (acima) e Mônica Pailo (abaixo) que inauguraram com suas Guirlandas do Bem as vendas revertidas ao Hospital Pequeno Príncipe


Artistas Ruth Mara, Carla Schwab, Eloir Jr., Kézia Talisin e Sra. Ety Cristina Forte Carneiro-Presidente Executiva do Complexo Hospital Pequeno Príncipe. 

Artistas Carla Schwab e Eloir Jr., ladeados pelas empreendedoras do Shopping Jardim das Américas, Juliana e Mariana Pastre.


SERVIÇO:

Exposição de Guirlandas Artísticas “GUIRLANDAS DO BEM”

Local: Espaço Cultural do Shopping Jardim das Américas – 1º. PISO
Endereço: Av. Nossa Senhora de Lourdes, 63 - Jd. das Américas
Telefone: 41 – 3366-5885

Visitação: 05/12/2014 à 06/01/2015
Horário comercial
Entrada Livre


OAB-PONTA GROSSA INAUGURA ESPAÇO CULTURAL COM EXPOSIÇÕES E DESFILE DE JÓIAS



 Com um elegante evento cultural, a Ordem dos Advogados do Brasil-OAB em Ponta Grossa inaugura em 15 de dezembro às 20 horas  um novo espaço expositivo nos Campos Gerais, com ampla galeria, painéis suspensos com iluminação direcionada, sistema de calefação estacionamento enfim um grande espaço para grandes exposições como a Cidade merece. A OAB Ordem dos Advogados do Brasil está de parabéns por criar este espaço para a Cidade de Ponta Grossa e tenho certeza logo teremos grandes eventos neste local tornando-o um dos mais procurados do Paraná. No vernissage de inauguração Você poderá apreciar as telas de Celso Parubocz, as esculturas de Luiz Gagliastri e um desfile de jóias de Nanda Gagliastri. 
Para a Princesa dos Campos Gerais, título da cidade, e para o Paraná é um marco cultural com este apoio institucional e que levará a assinatura curatorial dos eventos do renomado Artista Celso Parubocz.

O Espaço Cultural 

Artista das Jóias, Nanda Galgliastri 

Artistas Luiz A. Galglistri e Celso Parubocz

SERVIÇO:
Inauguração do Espaço Cultural OAB-Ponta Grossa
Dia 15/12/2014 as 20 h
Endereço: Rua Leopoldo Cunha Guimarães, 510
Ponta Grossa-PR
Telefone: 42 - 3028-2313
Entrada Franca



quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

"INFLUÊNCIA KLIMTIANA" DE KÉZIA TALISIN NO DOCE MORENA CAFÉ E CONVIVÊNCIA


EXPOSIÇÃO CULTURAL

Em continuidade de seu trabalho onde marca sua assinatura e referencial artístico em arabescos, a artista cria a série “Influência Klimtiana”. Onde Gustav Klimt (1862-1918), artista austríaco que se consagrou na arte decorativa e nos retratos femininos através de uma pintura ornamental do estilo art noveau, servem de total inspiração nesta mostra cultural.

Por meio de uma linguagem contemporânea procuro trazer reflexões sobre a arte decorativa apresentada atualmente no intuito de abrir caminhos para novas possibilidades artísticas. Tal como Klimt que na sua época sabia explorar bem o simbolismo decorativo”, diz a artista.
Em sua influência Klimtiana, Kézia Talisin sugere no bidimensional, janelas pictóricas coloridas que nos convidam à um passeio pela Viena do século XIX e início do século XX, numa seleção iconográfica e simbolista que caracterizaram Klimt e inspira a artista no seu gestual. Tais elementos de morfologia geométrica são uma constante nesta fase, bem como as técnicas artísticas, porém com o uso de materiais recicláveis como tecidos que compõem o último plano de suas obras, resultando em arte contemporânea com teor sustentável, mero paradoxo artístico com Klimt em uma de suas fases entre realidade e ilusão, metáfora que sugere a frente de seu tempo. 

Outra constante neste momento de Kézia Talisin é o uso da natureza morta através da figuração arbórea, intitulada por Gustav Klimt como Árvore da Vida, um símbolo feminino e importante em todas as culturas, com seus galhos em caracóis atingindo o céu e profundas raízes na terra, outra metáfora artística em relação ao universo feminino pintado por Klimt.


Em influência Klimtiana a artista tem como objetivo principal a apreciação do público para com uma arte ornamental, decorativa, colorida e rica em elementos iconográficos.


BIOGRAFIA
Kézia Talisin, maringaense radicada em Curitiba desde o início da década de 1980, é artista visual pós graduada em Artes Visuais da Cultura à Criação pelo SENAC–PR.; Educação, Desenvolvimento e Meio Ambiente pela UFPR; Planejamento e Organização de Eventos pela UNICURITIBA e Bacharel em Turismo pela Universidade Tuiuti do Paraná.
Atualmente é monitora docente do Curso de materiais e técnicas de pintura na Associação Cultural Solar do Rosário, turma Professora e Artista Visual Carla Schwab e assistente curatorial desde 2012 nas mostras do Grupo de arte contemporânea Art.Con e Óia Nóis, do qual participa desde sua fundação em 2008.
Em dezembro de 2012 a artista iniciou atividades em ateliê próprio instalado no bairro Bom Retiro em Curitiba - PR.
Em seu percurso artístico destacam-se participações em acervos nacionais e internacionais, exposições coletivas, individuais, premiações, instalações artísticas e salões de arte em espaços culturais oficiais pelo Estado do Paraná e no Brasil e alguns países europeus, dentre eles, duas exposições coletivas nas cidades francesas de Saint Thibault des Vignes e Var-Sur-Marne. 



SERVIÇO:
Exposição "INFLUÊNCIA KLIMTIANA"
Local: Doce Morena Café e Convivência
Rua Dr. Carlos de Carvalho, 457 - Centro
Curitiba-PR
Visitação: 27/11/2014 a 27/01/2014. 
Segunda a sexta-feira das 8 as 19 h