sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

"São Paulo, a Estação do Carnaval", com obras do artista curitibano Eloir Jr.

Divulgação


"SÃO PAULO, A ESTAÇÃO DO CARNAVAL" na estação da Sé 
metrô-linha azul

Com a série “Matriochkas do Carnaval de Outrora”, o artista plástico curitibano Eloir Jr., participa da exposição do projeto da linha da cultura na capital paulista.

A exposição "São Paulo, A Estação do Carnaval" apresenta a temática da Folia de Momo, por meio de painéis fotográficos com as inúmeras personagens que compõem o cotidiano dos sambistas.

É uma homenagem ao trabalho das pessoas que fazem de tudo para o crescimento do samba em São Paulo. A mostra que também é extensiva a comemoração do aniversário da cidade, traz ao público em geral os mais belos momentos provenientes dos desfiles das escolas de samba, dos blocos carnavalescos da cidade de São Paulo e muita arte.




Produção: Maurício Coutinho / Mara Porto

Arte: Marcelo Dias
Patrocínio: Sincoplastic / Casa Castro
Realização: Coutinho Eventos - www.coutinhoeventos.com.br


Período expositivo: de 10/01 a 28/02/2018.

Matriochka Arlequim, de Eloir Jr.

Matriochka Pierrot, de Eloir Jr.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

MARBÔ BAKERY INAUGURA A EXPOSIÇÃO “ENTRE PORTAS E JANELAS”

Crédito: Katia Velo e Zelinda Fialla

Por Katia Velo
10 artistas exploram o tema com criatividade e beleza

Portas e janelas são indispensáveis na construção, elas representam acessibilidade, design, fazem parte da arquitetura, no entanto, poeticamente, elas podem ter uma infinidade de significados. “Os olhos são a janela da alma e o espelho do mundo” a frase atribuída a Leonardo da Vinci é um exemplo da representatividade e força metafórica destes objetos indispensáveis na construção.

Crédito: Katia Velo e Zelinda Fialla


O objetivo é que o visitante possa ver de outra forma estes objetos. A Arte busca sempre “provocar” este novo olhar. Na última quarta, 13, aconteceu o Momento com os Artistas, uma confraternização entre os artistas participantes da mostra e amigos. 

Idealizada por Oswaldo Fontoura, a exposição “Entre Portas e Janelas”, traz 11 obras de 10 artistas: Ana Lectícia Mansur, Carla Schwab, Celso Parubocz, Eloir Jr., Felipe Sekula, Katia Velo, Kézia Talisin, Marcio Prodocimo, Oswaldo Fontoura Dias e Waltraud Sekula.
Cada um busca expressar sua visão sobre o objeto. Para o artista não há limites de suporte ou material para criar. As obras da mostra trazem técnicas de pintura, em madeira, com fitas e colagens que retratam o universo tridimensional proporcionado por esses itens de construção. 

Foto montagem das obras: crédito Eloir Jr.

Divulgação
Além de conferir a exposição, os visitantes podem apreciar a construção de 1953 assinada pelo arquiteto Lolo Cornelsen. Em estilo modernista tem como destaque uma grande fachada vermelha e possui estrutura em linhas retas onde funciona um restaurante, confeitaria e padaria. O lugar era conhecido como Residência Belotti, em localização privilegiada, no centro de Curitiba. A união entre arquitetura, gastronomia sob o comando do Chef Marcos Bortolozo e arte tornam o momento.
 
A exposição fica em cartaz até 04 de fevereiro de 2018. Horário de visitação de terça a sábado das 11h às 22h e aos domingos das 10h às 16h na Marbô Bakery (R. Dr. Faivre, 621 – Centro).

Panorama expositivo
 crédito: Katia Velo e Eloir Jr.










Lugar único em Curitiba que une gelatos artesanais e arte abre filial em Guaratuba

Divulgação


Momento é propício para movimentar a economia local já que o fluxo de turistas aumenta consideravelmente nesta época do ano

Por Emanuelle Spack

Quem estiver passando pelo litoral paranaense nessa temporada de verão, mais especificamente por Guaratuba, poderá conferir eventos culturais e ainda se deliciar com um gelato artesanal italiano. Estamos falando da Gelarteria – Gelato & Arte que inaugura no próximo sábado, dia 16, às 14:00 horas, com entrada franca. O evento é aberto ao público e conta com exposições de arte em vidro de Désirée Sessegolo, pinturas de Laura Monte Serrat sobre poesias de Priscila Prado, pinturas de Sandra Köche e cartoons de Rodrigo Belato, além de tarde de autógrafos com a escritora Ale Dossena e pocket show com Dany Nascimento.
A ideia de duas irmãs curitibanas, descendentes de italianos, em agregar no mesmo espaço sorvetes artesanais e arte deu tão certo que a bióloga e empresária Gisele Sessegolo e a designer e artista visual Désirée Sessegolo, proprietárias da Gelarteria – Gelato & Arte, de Curitiba, junto com o engenheiro José Mauricio Torneli resolveram expandir o negócio.
De acordo com a Secretaria de Turismo de Guaratuba, a população local tem em torno de 34.100 habitantes, porém na época de temporada do verão o número de turistas na cidade dispara chegando perto dos 420 mil. Esse fator contribuiu muito para que a Gelarteria – Gelato & Arte seja inaugurada na abertura da temporada. “Pensamos no litoral devido ao turismo que movimenta um expressivo volume de público no verão. Escolhemos Guaratuba porque percebemos ali um nicho de mercado para gelatos artesanais e a uma grande carência de opções de entretenimento ligados à cultura”, explica Désirée.
Nesse sentido, a Gelarteria – Gelato & Arte contribui para a economia local já que a casa contratou 10 colaboradores e diversos fornecedores locais, "a contratação dos colaboradores foi realizada por meio da Agência do SINE da cidade. Todos passaram por treinamento e estão motivados com o negócio e o nível de proatividade nos surpreende dia a dia. No fim do expediente eles nem querem ir embora", conta Désirée. Ela ainda revela que a finalidade é a expansão do negócio para em 2018 iniciar a abertura de franquias.
O conceito da Gelarteria de Guaratuba segue o mesmo da primeira loja, porém em dimensões bem maiores. “Gastronomia com arte é o nosso diferencial e deve seguir, onde quer que implantemos um novo ponto”, diz a artista. Junto com a galeria haverá um espaço para comercialização de objetos de design autoral.
Para Désirée é gratificante poder contribuir com o mercado de trabalho oferecendo emprego em uma época em que o país está com baixas no setor. “Guaratuba cresceu e ainda faltam opções mais elaboradas para atender e atrair mais turistas. Temos ouvido de nossos clientes muitas observações nesse sentido”, finaliza Désirée. 

Da Itália para o Brasil
Todos os gelatos da casa são feitos artesanalmente conforme a tradição italiana, utilizando apenas produtos frescos, sem gorduras trans, corantes e conservantes. O cardápio conta com mais de 30 sabores e opções de gelatos cremosos à base de leite, sorbets - opções sem lactose - e ainda alguns sabores zero.
Além dos gelatos temos taças para todos os gostos, tortas de gelato, doces, salgados, café gourmet, cerveja artesanal e para aqueles que têm um paladar requintado, um espumante geladinho”, revela Désirée.

Eventos Culturais
Durante a temporada de verão, a galeria apresenta variadas formas de expressão artística:
- Exposição Cheio Vazio - Arte em Vidro de Désirée Sessegolo;
- Exposição Poesia Líquida com Curadoria de Cassandra Joerke - Aquarelas de Laura Monte Serrat sobre as poesias de Priscila Prado;
- Pocket Show - com Dany Nascimento;
- Tarde de autógrafos - com Ale Dossena;
- Atividades artísticas para crianças com o Cartunista Rodrigo Belato;
- Exposição de pinturas - de Marc Breyer;
- Chuva Poética - projeto de Cassandra Joerke e curadoria de Álvaro Posselt apresenta diversos poetas paranaenses da atualidade;
- Exposição Fotográfica - com Carlos Renato Fernandes.
- Exposição Bicudinho do Brejo - de Bianca Reinhart com curadoria de Cris Yamada.

É a arte encantando, fascinando e inspirando!


Loja de Design Autoral
Os visitantes também poderão adquirir no local objetos criativos como:
Letterings de Ana Terlizzi;
Potinhos para Gelato do Atelier Semeando Pássaros – Vanessa Amaral, Ana Carol Lipienski, Joseli Bezerra, Angela Gee, Camila Boneaux, Giuseppina Loffredo e Arlinda Fernandes;
Vasos de Concreto de Amanda Tulio;
Louças ilustradas por Veronica Fukuda;
Objetos e acessórios de Désirée Sessegolo.

E quem são Gisele Sessegolo e Désirée Sessegolo?
A Gelarteria surgiu da paixão de duas irmãs, descendentes de italianos da região do Vêneto. Gisele é bióloga e apaixonada por gelatos e Désirée é designer, especialista em Marketing e apaixonada pela arte do vidro.
Ambas construíram carreira em suas respectivas áreas, mas a paixão que corre nas veias falou mais alto e elas resolveram mudar o curso de suas histórias e tornar seus sonhos reais.
As irmãs foram conhecer as famosas gelaterias italianas e Gisele foi estudar as técnicas de fabricação artesanal de gelatos em Bolonha e criou receitas exclusivas que conquistaram o público curitibano. Désirée, sempre envolvida em projetos criativos, tem se destacado nas artes do fogo, onde conquistou diversos prêmios e realizou dezenas de exposições individuais e coletivas. Seus trabalhos estão à venda na Gelarteria e na Loja do Museu Oscar Neiemeyer.
Parecidas e diferentes, uma prefere temperaturas negativas e a outra, altas temperaturas, mas ambas dedicam muito amor em tudo o que fazem.

Serviço
Gelarteria – Gelato Café & Arte
Dias: de domingo a domingo
Horário: das 12h:00 às 02h:00

Endereço: Rua 29 de Abril, 805 – Guaratuba - PR
Site: https://www.gelarteria.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/gelarteriacwb/

Instagram: gelarteria.cwb

Divulgação


APAP/PR ABRE NESTE DOMINGO A EXPOSIÇÃO “CAMINHADA”

Divulgação

A Associação Profissional dos Artistas Plásticos do Paraná –APAP/PR realiza neste domingo 17 de dezembro, das 11h às 13h30, a abertura da exposição “Caminhada” da artista plástica Giovana Correia

Divulgação

Giovana é formada em Artes Plásticas e é Especialista em Metodologia do Ensino da Arte pela IBEPEX. Tem em seu currículo várias exposições coletivas e individuais, nacionais e internacionais. No Brasil realizou exposições importantes em Museus como Museu de Arte de Cabo Branco em João Pessoa/Recife, MAC – Museu de Arte Contemporânea Cascavel Paraná  e possui obras em várias galerias dentro e fora do Brasil, Galerie Beauté du Matin Calme Paris/França, Ward Nasse Galery, Nova York/NY, Galeria Marcelo Neves São Paulo/SP.

No exterior realizou exposições em Berlim e Colônia (Alemanha), Nova York (EUA), Londres (Inglaterra), Paris (França), Seul (Coréia do Sul), Pequim e Shangai (China), Madri e Ceuta (Espanha), Bruxelas (Bélgica),  Fombio (Itália). A artista plástica Giovana Correia foi homenageada com prêmios entre eles da Société Académique des Arts sciênces et Lettres em Paris/França (2011 e 2013).  É membro da Sociéte Academique des Arts  e da Académie France Monde Culture, ambas na capital francesa.

Divulgação


A exposição “Caminhada” da artista Giovana Correia apresenta seu processo de criação feito por meio da observação da natureza. Seus primeiros trabalhos foram em aquarela. O que mais a seduz é a transparência. Depois, trabalhando com diversas técnicas, passou suas aquarelas para as telas. A artista escolhe seus temas e os desenvolvem nas mais variadas  técnicas, sendo assim, está em constante processo de crescimento. Une sua sensibilidade e admiração às novas tendências do mundo moderno. “Acredito que as flores são pinturas da natureza. As bromélias fazem parte da minha vida. Elas me proporcionam enxergar uma variada mistura de cores, o que me permite representá-las de diversas formas. Trazendo-as para várias linguagens em diversas técnicas e cores”, declara a artista.

A artista plástica Giovana Correia destaca que ser artista é transpor por meio das tintas suas emoções, sentimentos, deixando marcas da sua personalidade. Giovana está em constante pesquisa com um olhar atento. “Viver minhas obras e sentir as pessoas interagindo com elas,  cada uma com seus olhares, com suas leituras, por meio de suas histórias é fascinante e sinto-me plena”, ressalta a artista. Giovana acredita que a obra de um artista deva ser reconhecida não por sua assinatura e sim por sua trajetória e, principalmente, pelo que provoca e desperta nas pessoas.  E finaliza, “o artista tem que ter identidade própria, cada artista é um ser único”.  A exposição “CAMINHADA” da artista plástica Giovana Correia permanecerá aberta para visitação até 19 de janeiro de 2018.

Serviço:
Exposição: “CAMINHADA”
Artista Plástica: Giovana Correia
Abertura: 17 de dezembro, das 11h às 13h30
Período de exposição de 18 de dezembro a 19 de janeiro de 2018
Associação Profissional de Artistas Plásticos do Paraná -APAP/PR
Av. Jaime Reis, s/n, salas 07 e 11, Arcadas de São Francisco
Curitiba/PR
Tel.: (41) 3232-0408
www.apap.com.br
e-mail: apap@apap.com.br

Divulgação


quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Cooparte promove Festival de Artesanato

Imagem: Divulgação

A Cooperativa dos Artesãos Empreendedores do Paraná (Cooparte) realiza a partir desta sexta-feira, o festival multicultural do artesanato paranaense, o evento inicia dia 15/12 e segue até domingo 17/12.
Com produtos variados e produzidos com matéria-prima local, os artesãos paranaenses apresentam ao público suas produções e propõem excelentes opções para presentes natalinos.

Imagem: Divulgação
Um evento único que reúne os principais artesãos paranaenses num festival Artesanal que acontece no último final de semana antes das festas de fim de ano, é a oportunidade de mostrar o trabalho produzido in loco e escolher belas lembrançcas para esta época", comenta a atual presidente da Cooparte, Loire Nissen. “Fuja do tradicional! Presenteie com artesanato! , conclui.






Serviço:
Festival de Artesnatao do Cooparte
Local: Cooparte
Endereço: Rua Mateus Leme, 200
Centro-Curitiba-PR
dias 15 e 16 de dezembro (Sexta-feira e sábado) das 10h as 18h

dia 17 de dezembro (domingo) das 10h as 14h

Convite: Divulgação

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Marbô-Bakery recebe a exposição “Entre Portas e Janelas”

Foto montagem: Divulgação


A união entre arte, arquitetura e gastronomia sob o comando do Chef Marcos Bortolozo, faz da Marbô Bakery um espaço diferenciado, e com curadoria de Kézia Talisin a casa mantém um vínculo simbiótico com a arte. Nesta quarta-feira, 13/12, o espaço inaugura a exposição “Entre Portas e Janelas” de talentosos artistas curitibanos.

Sobre a mostra:
Portas e Janelas, itens indispensáveis na arquitetura, que limitam espaços, nos protegem dos sentidos e paradoxalmente nos expõe a eles abrindo vértices e escancarando novas realidades e possibilidades.

O universo tridimensional proporcionado por estes acessórios da construção civil servem como suportes para os artistas representarem suas ideologias, percepção artística, filosofia de vida e contexto em que estão inseridos.
A mostra coletiva idealizada pelo artista e designer Oswaldo Fontoura Dias, possibilita estas novas percepções sobre este vão “Entre Portas e Janelas” na visão criativa do artista.

A intenção é justamente fazer uma reflexão sobre a utilidade destes suportes, que transcendem o uso cotidiano e transformam-se em objetos/obras de arte. Esta interferência segue além de um fim decorativo e alcança o conceito atribuído pelo artista durante a execução de seu trabalho. Através da diversidade da expressão artística presente, um universo tridimensional carregado de significados, nasce”, comenta o coordenador da mostra, Oswaldo Fontoura Dias.

Artistas participantes: Ana Lectícia Mansur, Carla Schwab, Celso Parubocz, Eloir Jr., Felipe Sekula, Katia Velo, Kézia Talisin, Marcio Prodocimo, Oswaldo Fontoura Dias e Waltraud Sekula.

Divulgação
Sobre a Marbô-Bakery:
A construção data de 1953 e tem a assinatura do arquiteto Lolo Cornelsen. Em estilo modernista tem como destaque uma grande fachada vermelha e possui estrutura em linhas retas. Hoje funciona como restaurante, confeitaria e padaria e ficou conhecida como Residência Belotti, em localização privilegiada, no centro de Curitiba. A união entre arquitetura, gastronomia e arte sob o comando do Chef Marcos Bortolozo tornam o momento único seja para experimentar petiscos, massas, risotos, lanches, doces e cafés.  Outro diferencial do local são as obras de arte em vários espaços da residência e as exposições mensais sob a curadoria de Kezia Talisin.

Serviço:
Exposição: “Entre Portas e Janelas”
Local: Marbô-Bakery, residência Belotti
Visitação: 12/12/2017 a 04/02/2018
Momento com os artistas: 13/12 das 19h30 às 22h
Endereço: Rua Dr. Faivre, 621 – Centro – Curitiba-PR

Horário de atendimento: terça a sábado das 11h às 22h
Domingo das 10h às 16h
Valet: das 11h30 às 15h e das 18h às 22h. Valor: R$ 20,00
Convênio com estacionamento das 11h às 22h inclusive domingo.
Telefone: (41) 3121-1547 / 99871-0176
Site: www.marbobakery.com.br

E-mail: eventos.marbo@gmail.com

Convite: Divulgação

A Editora VOAR convida para o lançamento do livro de fotografias do acervo de Augusto Weiss.

Divulgação


Imagens históricas paranaenses de 1890 – 1950 compõem um dos acervos mais ricos da fotografia paranaense.

Augusto Weiss nasceu na Áustria e chegou ao Brasil em 1890 com seu irmão José Weiss. Aprendeu o ofício com A. Volk, destacado fotógrafo do século XIX na cidade de Curitiba. Inicialmente em sociedade com seu irmão, e depois com seu filho Alberto, montou a Foto Progresso, localizada na Rua São Francisco. Posteriormente, os irmãos tomaram rumos diferentes, seguindo carreiras solo por conta de divergências.

Ao adquirir este acervo de chapas de vidro em diversos formatos, Orlando Azevedo, como fotógrafo, não imaginava qual seria exatamente seu conteúdo, tampouco sua qualidade e importância.

São vários aspectos que se tornam relevantes, tais como o registro da colonização de imigrantes italianos, poloneses e ucranianos no Brasil, com novas vilas e povoações na paisagem de mata negra de araucárias que, infelizmente, não existem mais. Casamentos, ritos e retratos também foram uma constante em sua obra, de extrema qualidade técnica perante seu rigor profissional, que o fazia a viajar duas vezes ao ano para comprar chapas de vidro e químicos na Alemanha. Naquela época, levava-se quatro dias de carroça até Paranaguá para, então, embarcar em um navio.

Seu filho Alberto Weiss prosseguiu com o ofício no Foto Moderno, na Rua Marechal Deodoro, numa casa que existe até os dias de hoje em frente à agência dos Correios.
Este é sem dúvida o mais importante e antigo acervo fotográfico do sul do Brasil, pois a maioria se perdeu em razão da não valorização histórica da identidade de um estado e país.

Um país sem memória é um país sem história.

São quase 3000 chapas originais num retrato vivo de uma época pioneira. Retratos em estúdio, residências e localidades rurais estiveram sempre em seu trabalho e ofício de fotógrafo.

Orlando Azevedo tem sido o guardião de um tempo ausente, mas vivo e presente deste legado e retrato. Por outro lado, entende que toda e qualquer informação e conhecimento devem ser compartilhados, o que ocorre agora no lançamento do livro de “A. WEISS, PIONEIRO DA FOTOGRAFIA NO PARANÁ” no dia 17 de Dezembro de 2017, às 9hrs até 14hrs, na histórica Casa Romário Martins, no Largo da Ordem, em pleno coração da cidade de Curitiba.

Um livro inédito que certamente irá emocionar recordar e rever um tempo que se faz presente. A construção da grande saga humana numa síntese em que a fotografia é o espelho do presente e futuro.

Projeto realizado com apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba.
SERVIÇOS:

Lançamento do livro “A. WEISS, PIONEIRO DA FOTOGRAFIA NO PARANÁ”
Data: 17/12/17 às 9h00 até 14h00
Período de permanência da exposição: 21/09/2017 a 18/02/2018
Local: Casa Romário Martins
Largo Coronel Enéas, 30 – Largo da Ordem - São Francisco - Curitiba PR
Horário: 3ª a 6ª das 9h às 12h– 13h às 18h
Sábados, Domingos e Feriados – 9h às 14h
Informações: (41) 3321-3226

Entrada Franca

Capa Dura
220 páginas
Preto & branco
Textos de Boris Kossoy e Orlando Azevedo
21 x 21 cm (fechado)

Preço de lançamento: R$50,00
*pague 3, leve 4!

INCENTIVO
Caixa Cultural de Curitiba - http://www.caixacultural.com.br/SitePages/unidade-informacoes-gerais.aspx?uid=2
Prefeitura de Curitiba - http://www.curitiba.pr.gov.br/
Fundação Cultural de Curitiba - http://www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/

REALIZAÇÃO
Editora VOAR - http://www.voar.art.br/

Imagens: Divulgação



Instituto Montes Ribeiro realiza sarau com literatura, artes visuais, antiguidades e exposição sobre a memória das famílias Montes e Ribeiro

Luiz Arthur Montes Ribeiro é escritor, poeta e artista visual
Divulgação

Ana Rafha Nunes - escritora
Divulgação

Sarau Literário e Artístico
19 de dezembro de 2017 com Ana Rafha Nunes e Luiz Arthur Montes Ribeiro
Instituto Montes Ribeiro

Instituto Montes Ribeiro realiza sarau com literatura, artes visuais, antiguidades e exposição sobre a memória das famílias Montes e Ribeiro

O Instituto Montes Ribeiro, inaugurando no segundo semestre deste ano em Curitiba, realiza no próximo dia 19 de dezembro o “Sarau Literário e Artístico com sessão de autógrafos dos livros de Ana Rapha Nunes e Luiz Arthur Montes Ribeiro; exposição de artes visuais de trabalhos de Luiz Arthur e a exposição “Montes e Ribeiro: Objetos de Família”. Haverá leitura de trechos dos livros de Ana Rafha, leitura e distribuição de poesias de Luiz Arthur, tudo em ritmo de happy hour.



Sobre os Escritores:  

Ana Rafha Nunes é escritora de obras infanto-juvenis. Possui quatro livros dedicados a esse público: “A Lua que eu te dei” (Ed. Appris), “A noite chegou e o sono não vem” (Ed. Franco), “Lucas, o garoto gamer” (Ed. Inverso) e “Mariana” (Ed. Inverso). Esse último está na 6ª edição em pouco mais de um ano, tendo sido trabalhado em várias escolas do Brasil. A escritora autografará os dois últimos livros.
A autora nasceu no Rio de Janeiro, mas já na infância mudou-se para Curitiba, onde foi criada e vive até hoje. Ana Rapha atuou como professora de Língua Portuguesa por quase quinze anos. Atualmente, Ana visita várias escolas do país, abordando em suas palestras e oficinas a importância da leitura e da escrita para a formação do indivíduo, levando a literatura para crianças e adolescentes.

Luiz Arthur Montes Ribeiro é escritor, poeta e artista visual. Possui nove livros publicados, quatro de poesias e cinco na área de educação. Autografará “Poesias para um grande amor” (2015), e “Jardins imaginários da minha solidão” (2017), sendo que este último tem suas poesias traduzidas do português para o espanhol, inglês e francês.
No Sarau, Luiz Arthur apresentará uma exposição de trabalhos em pintura, desenho, aquarela e nanquim de remontam as décadas de 1980, 1990, 2000 e 2010. Ele nasceu em Ponta Grossa (Pr), e reside em Curitiba desde a década de 1980.
Será apresentado no Sarau a exposição “Montes e Ribeiro: Objetos de Família, que no último mês recebeu vários objetos e fotografias, inéditos, que retratam a memória dessas famílias.

Serviço:
O que? Sarau Literário e Artístico, e Happy Hour
Onde? Instituto Montes Ribeiro – Avenida Vicente Machado, 160, conjunto 43, Centro, Curitiba
Quando: 19 de dezembro, das 17h às 21h
Atrações: Escritora Ana Rafha Nunes, e Escritor e Poetas Luiz Arthur Montes Ribeiro
O que acontece:
  1. Sessão de autógrafos de “Lucas, o garoto gamer” e “Mariana”, livros de Ana Rafha Nunes; “Poesias para um grande amor” e “Jardins Imaginários da minha solidão”, livros de Luiz Arthur Montes Ribeiro. Editora InVerso.
  2. Leitura de trechos dos livros de Ana Rafha Nunes, leitura de distribuição de poesias de Luiz Arthur Montes Ribeiro, seguido de abertura de exposição de artes visuais e apresentação de novas aquisições da exposição “Montes e Ribeiro: Objetos de Família”
Contatos: (41) 3044-0234, (41) 99920-7349, contato@institutomontesribeiro.com.br





Obras Literárias
Imagens: Divulgação



terça-feira, 12 de dezembro de 2017

La Pasta Gialla recebe a exposição “Frida La Katrina” de Eloir Jr.

Foto montagem: Divulgação

Arte Para Degustar!

O La Pasta Gialla, um dos restaurantes mais tradicionais da culinária italiana na cidade de Curitiba, com sua unidade no Espaço Gourmet do Park Shopping Barigui, apresenta desde 2014 a Gastronomia apreciada com Arte, que de lá para cá, sob a curadoria e orientação dos artistas visuais Carla Schwab e Eloir Jr., mantém a presença de obras em exposições especiais de artistas paranaenses e convidados.

Divulgação

Sobre a exposição:
Na recente produção “Frida e La Katrina”, o artista estende sua pesquisa de multiculturalidade e representa em suas tradicionais Babuchkas e Matriochkas a personagem do folclore mexicano, a “La Catrina” (nobre Dama da Festa do Dia dos Mortos) em união com a artista Frida Kahlo. Harmoniza-se então a gama das cores fortes e eslavas que também estão presentes na cultura mexicana, simbolismos e peculiaridades inerentes ao dito “pop folk”, que como resultado formata-se na sua assinatura artística de matriochkas /babuchkas. Desta comunhão surge um trabalho alegre, lúdico e colorido, que resgata as memórias culturais trazidas pelos diversos povos, onde o artista consegue demonstrar a convivência harmoniosa das etnias que fazem parte de sua terra natal, a terra de todas as gentes.

Crédito: Lex Kozlik
Sobre o artista:
Eloir Jr. é artista plástico curitibano, pós-graduado pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná e graduado pela Universidade Tuiuti do Paraná, colunista cultural do Sztuka Kuritiba e Revista Paulista, curador e professor de arte. Há 20 anos expõe e estuda as etnias européias no Estado do Paraná, com enfoque principal na cultura eslava da Polônia e Ucrânia, onde expressa seus trabalhos em harmonia com ícones paranistas, araucárias, pinhões e gralha azul. Possui em seu currículo diversas premiações, exposições individuais e coletivas, salões de arte e acervos nacionais e internacionais. Em 2010 representou o Estado do Paraná na cidade francesa de Vaire-Sur-Marne, em 2013 participou de exposição no Carrousel Du Louvre em Paris e em 2016 na Biblioteca Pública de Nova Iorque.


SERVIÇO:
Exposição: “Frida La Katrina” de Eloir Jr.
Local: La Pasta Gialla - Park Shopping Barigui
Endereço: Rua Pedro Viriato Parigot de Souza, 600 – Mossunguê
Curitiba-PR
Visitação: 12/12 à 12/03/2018
Horário de funcionamento do Shopping
Telefone: 41 3317-6910

Divulgação



Marbô-Bakery inaugura a coletiva “Entre Portas e Janelas”

Foto montagem: Divulgação

A união entre arte, arquitetura e gastronomia sob o comando do Chef Marcos Bortolozo, faz da Marbô Bakery um espaço diferenciado, e com curadoria de Kézia Talisin a casa mantém um vínculo simbiótico com a arte. Nesta quarta-feira, 13/12, o espaço inaugura a exposição “Entre Portas e Janelas” de talentosos artistas curitibanos.

Sobre a mostra:
Portas e Janelas, itens indispensáveis na arquitetura, que limitam espaços, nos protegem dos sentidos e paradoxalmente nos expõe a eles abrindo vértices e escancarando novas realidades e possibilidades.

O universo tridimensional proporcionado por estes acessórios da construção civil servem como suportes para os artistas representarem suas ideologias, percepção artística, filosofia de vida e contexto em que estão inseridos.
A mostra coletiva idealizada pelo artista e designer Oswaldo Fontoura Dias, possibilita estas novas percepções sobre este vão “Entre Portas e Janelas” na visão criativa do artista.

Foto:Divulgação
A intenção é justamente fazer uma reflexão sobre a utilidade destes suportes, que transcendem o uso cotidiano e transformam-se em objetos/obras de arte. Esta interferência segue além de um fim decorativo e alcança o conceito atribuído pelo artista durante a execução de seu trabalho. Através da diversidade da expressão artística presente, um universo tridimensional carregado de significados, nasce”, comenta o coordenador da mostra, Oswaldo Fontoura Dias.
Artistas participantes: Ana Lectícia Mansur, Carla Schwab, Celso Parubocz, Eloir Jr., Felipe Sekula, Katia Velo, Kézia Talisin, Marcio Prodocimo, Oswaldo Fontoura Dias e Waltraud Sekula.


Foto:Divulgação
Sobre a Marbô-Bakery:
A construção data de 1953 e tem a assinatura do arquiteto Lolo Cornelsen. Em estilo modernista tem como destaque uma grande fachada vermelha e possui estrutura em linhas retas. Hoje funciona como restaurante, confeitaria e padaria e ficou conhecida como Residência Belotti, em localização privilegiada, no centro de Curitiba. A união entre arquitetura, gastronomia e arte sob o comando do Chef Marcos Bortolozo tornam o momento único seja para experimentar petiscos, massas, risotos, lanches, doces e cafés.  Outro diferencial do local são as obras de arte em vários espaços da residência e as exposições mensais sob a curadoria de Kezia Talisin.


Serviço:

Exposição: “Entre Portas e Janelas”
Local: Marbô-Bakery, residência Belotti
Visitação: 12/12/2017 a 04/02/2018
Momento com os artistas: 13/12 das 19h30 às 22h
Endereço: Rua Dr. Faivre, 621 – Centro - Curitiba-PR

Horário de atendimento: terça a sábado das 11h às 22h
Domingo das 10h às 16h
Valet: das 11h30 às 15h e das 18h às 22h. Valor: R$ 20,00
Convênio com estacionamento das 11h às 22h inclusive domingo.
Telefone: (41) 3121-1547 / 99871-0176

Site: www.marbobakery.com.br

E-mail: eventos.marbo@gmail.com

Divulgação